A primeira coleção de álbuns de figurinhas

0
Powered by Rock Convert

PRIMEIRA COLEÇÃO DE ÁLBUNS DE FIGURINHAS
As figurinhas têm uma longa história. A primeira conhecida fez parte de uma série emitida pela Bognard Lithography de Paris, em 1867. No Brasil, a origem do álbum de figurinhas data do século passado, quando as fábricas de cigarros passaram a usar esse recurso para promover seus produtos.
A coleção de álbuns de figurinhas, comum na infância, chega à maturidade sendo um grande negócio. Edições completas das estampas Eucalol, Futebol Cards e Balas Ruth são objetos de culto entre centenas de aficionados. Nas décadas de 70 e 80, a saída dos colégios era o momento ideal para completar álbuns com craques da bola, Menudos e personagens dos programas de televisão.
As primeiras coleções com retratos de craques do futebol brasileiro surgiram na década de 30. Os Futebol Cards marcaram o início dos anos 80 – e até hoje ocupam os devaneios nostálgicos de uma geração. Em 1985, a ala feminina da escola só queria saber dos porto-riquenhos dos Menudos. Para coroar a turnê brasileira da boy band, um álbum foi lançado para esquentar as meninas – e enciumar a galera.
Febre disco, discotecas foram as avós das raves – luzes, bate-estaca, hedonismo. Esse universo noturno foi transformado em álbum. Daniel Azulay ensinava e divertia num mundo em que a TV não era o pátio das louras e de seus “baixinhos”. A Turma do Lambe-Lambe era entretenimento dos bons. E não podia deixar de ganhar as cores de um álbum.
Nos anos 80, um dos apelos na fissura por cromos eram álbuns que mostravam as bandas da hora. Mostrando as capas dos discos de vinil, os álbuns faziam sucesso entre os fãs do Iron Maiden, Scorpions e Black Sabbath.

oexploradorPowered by Rock Convert

(Fonte: Revista SUPER Interessante – Edição 174 – Editora ABRIL – SUPER CULT – NOSTALGIA – Alexandre Araújo – Março de 2002 – Pág. 86)

Powered by Rock Convert
Share.