William Safire, redator de discursos para o presidente americano Richard Nixon (1969-1974), colunista político do “New York Times” e vencedor do prêmio Pulitzer

0
Powered by Rock Convert

Colunista do “Times” e redator de discursos de Nixon

William Safire (Foto: Skaneateles/Divulgação)

William Safire (Foto: Skaneateles/Divulgação)

 

William Safire, voz conservadora do jornal liberal e vencedor do Pulitzer

William Lewis Safire (Nova York, 17 de dezembro de 1929 – Rockville, Maryland, 27 de setembro de 2009), redator de discursos para o presidente americano Richard Nixon (1969-1974), colunista político do “New York Times” e vencedor do prêmio Pulitzer

Autor também de romances e livros sobre política e especialista em linguística, Safire foi o articulador, em 1959, dos famosos e tensos debates públicos entre o então líder soviético Nikita Kruschev e Nixon (na época vice-presidente), em Moscou, nos quais discutiram os méritos do capitalismo e do comunismo. Safire foi também o orador pela Casa Branca na tumultuada era da Guerra do Vietnã, da visita de Nixon à China e em meio à polêmica do Watergate, que culminou com a renúncia do presidente.

Depois, de 1973 a 2005, Safire escreveu sua coluna bissemanal -e de orientação conservadora- no “Times”, veículo de tendência majoritariamente liberal. O jornalista escreveu mais de 3.000 textos opinativos, nos quais defendia de maneira incisiva as liberdades civis e o Estado de Israel, além de fazer críticas a figuras políticas americanas.

Uma das maiores polêmicas em que Safire se envolveu foi com o ex-presidente dos EUA Bill Clinton (1993-2001), que quis lhe dar um soco depois de o colunista ter dito que sua mulher, Hillary, era uma “mentirosa congênita”.

oexploradorPowered by Rock Convert

Inicialmente, seus críticos o consideravam apenas um apologista do grupo político de Nixon. Mas as desconfianças foram aplacadas quando ganhou o Prêmio Pulitzer, em 1978, na categoria artigo, por um texto sobre o caso Bert Lance -escândalo de corrupção durante a gestão do presidente dos EUA Jimmy Carter (1977-1981).

Ao lado dos jornalistas George Will e William F. Buckley Jr., Safire ajudou a pavimentar o discurso conservador no espaço público nos EUA para a eleição do presidente republicano Ronald Reagan (1981-1989).

O colunista foi um dos pioneiros da reportagem opinativa, com colunas repletas de fontes de Washington e do Oriente Médio, e foi considerado um dos mais influentes críticos políticos dos últimos anos.

William Safire morreu em 27 de setembro de 2009, de câncer no pâncreas, aos 79 anos, em Rockville, Maryland, EUA.

(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo – FOLHA DE S.PAULO – MUNDO – 28 de setembro de 2009)

Com “The New York Times” e agências internacionais

Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados.

Powered by Rock Convert
Share.