“Temos de superar o instinto persecutório contra o MST.” GUILHERME CASSEL, ministro do Desenvolvimento Agrário, preocupado com os laranjas que invadem assentamentos e derrubam sem-terras

0
Powered by Rock Convert

Temos de superar o instinto persecutório contra o MST.”

GUILHERME CASSEL, ministro do Desenvolvimento Agrário, preocupado com os laranjas que invadem assentamentos e derrubam sem-terras.

Currículo

O engenheiro civil Guilherme Cassel ocupa o cargo de ministro do Desenvolvimento Agrário desde abril de 2006. Antes de assumir a pasta, atuava como secretário-executivo do ministério desde 2003. Cassel é pós-graduado em Recursos Humanos e começou a carreira como agente fiscal do Tesouro do Rio Grande do Sul. Foi sub-secretário da Fazenda de Porto Alegre, e ocupou cargos no governo do Rio Grande do Sul: sub-chefe da Casa Civil, secretário-geral do Governo e chefe de gabinete do vice-governador Miguel Rossetto, na gestão 1999-2003.

 

 

Foram cometidos (pelo MST) não apenas excessos, mas crimes.”

REINHOLD STEPHANES, ministro da Agricultura, condenando os crimes do MST

 

 
É óbvio que, se a pessoas entra numa propriedade e a destrói, está cometendo delito. Isso está inscrito no Código Penal.”

TARSO GENRO, ministro da Justiça

 

 

Estamos criando verdadeiras favelas rurais… Só 39% (dos assentados) são donos originais dos lotes. A maioria (deles) já foi vencida.”

KÁTIA ABREU, senadora (DEM-TO), comentando pesquisa do Ibope que constatou a favelização dos assentamentos rurais do Incra e o comércio de lotes
(Fonte: Veja, 21 de outubro de 2009 – ANO 42 – Nº 42 – Edição 2135 – PANORAMA – Veja Essa – Editado por JULIO CESAR DE BARROS – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 68/69)

Share.