Naotoshi Yamada, japonês que não perdeu uma Olimpíada desde 1964, conhecido como um super fã dos Jogos Olímpicos

0
Powered by Rock Convert

 

Torcedor japonês que foi a 14 Olimpíadas

 

Naotoshi Yamada morreu antes da reedição dos Jogos em Tóquio, onde iniciou sua paixão em 1964

 

 

Japonês que não perdeu uma Olimpíada desde 1964

 

 

Naotoshi Yamada , empresário aposentado japonês, conhecido como um super fã dos Jogos OlímpicosEle era identificável no meio do público com seu chapéu e quimono, tornando-se conhecido por telespectadores de todo mundo.

 

Yamada começou a vida profissional com um negócio de produção de cordas e expandiu o seu portfólio de empresas para uma rede hoteleira e uma imobiliária.

Naotoshi Yamada não assistirá à sua 15ª edição dos Jogos Olímpicos no ano que vem, em seu país, no Japão: este empresário aposentado faleceu um ano antes de Tóquio sediar o evento, em 2020, como já havia feito em 1964 – os primeiros Jogos com a presença desse fã japonês nascido há 92 anos.

 

Powered by Rock Convert

Apelidado de “avô olímpico”, ele foi a todos as Olimpíadas de verão desde 1964, quando Tóquio sediou os Jogos pela primeira vez — a segunda será ano que vem.

 

Yamada ganhou fama fantasiado com chapéu dourado, moletom da equipe olímpica japonesa e um leque com a bandeira de seu país. Na TV japonesa, ele era sempre destaque nas transmissões dos Jogos.

 

Sua estreia foi aos 38 anos, na Olimpíada de Tóquio-1964. Desde então, foi à Cidade do México-1968, Munique-1972, Montreal-1976, Moscou-1980, Los Angeles-1984, Seul-1988, Barcelona-1992, Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004, Pequim-2008, Londres-2012 e ao Rio de Janeiro-2016. Ele também foi à Olimpíada de inverno em Nagano-1998, também em seu país.

Seu grande sonho era participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, novamente em sua cidade natal. “Será o auge de todos esses anos torcendo nos Jogos Olímpicos”, disse Yamada em entrevista à agência de notícias Reuters, em outubro de 2018.

 

 

Nascido em 1926, Yamada construiu sua fortuna no setor de cabos de aço e, depois, na hotelaria e imobiliário. Desde Tóquio-64, ele compareceu a todos os Jogos Olímpicos e incluiu em sua lista os de inverno, realizados em Nagano, no Japão, em 1998.

Naotoshi Yamada morreu de parada cardíaca aos 92 anos em Tóquio, no Japão.

(Fonte: https://veja.abril.com.br/esporte – ESPORTE / Por Da redação – 19 mar 2019)

(Fonte: https://istoe.com.br –  Edição nº2568 – ESPORTES / AFP – 18/03/19)

Powered by Rock Convert
Share.