Modesto Carone, além de professor universitário, escritor, ensaísta e contista, era o principal tradutor de Kafka no Brasil

0
Powered by Rock Convert

Modesto Carone, escritor e tradutor de Kafka

 

Carone foi professor de literatura nas universidades de Viena, São Paulo e Campinas.

 

Carone, tradutor que mudou o jeito como lemos Kafka

 

Escritor e professor deixa um legado intelectual que rivaliza com sua obra ficcional

 

 

Modesto Carone Netto (Sorocaba, 9 de fevereiro de 1937 – 16 de dezembro de 2019), escritor, tradutor, ensaísta e contista que se dedicou, por anos, a lecionar literatura nas universidades de Viena, São Paulo e Campinas.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Ele era o principal tradutor de Kafka no Brasil, além de escritor ensaísta e contista. Em 1999, Carone ganhou o Jabuti por Resumos de Ana e o APCA de 2009 pelo livro de ensaios Lição de Kafka. Foi professor na USP, Unicamp e Universidade de Viena.

 

O escritor nasceu em Sorocaba em 1937 e publicou ensaios, contos e novela. Desde 1983, traduziu grandes obras de Kafka como “Um Artista da Fome”, “A Construção”, “A Metamorfose”, “O Veredicto”, “Na Colônia Penal”, “Carta ao Pai”, “O Processo”, “Um Médico Rural”, “Contemplação”, “O Foguista” e “O Castelo e Narrativas do Espólio”.

“Principal tradutor de Franz Kafka para o português, Carone começou a traduzir toda a obra do autor de clássicos como ‘A metamorfose’ em 1983. Em 2009, recebeu o prêmio APCA de melhor livro de ensaio/crítica por ‘Lição de Kafka’.”

Modesto Carone faleceu aos 82 anos, em 16 de dezembro de 2019.

(Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2019/12/16 – POP & ARTE / CINEMA / NOTÍCIA / Por G1 – 16/12/2019)

Powered by Rock Convert
Share.