Kevin McCarthy, fez filmes como Vampiros de alma e A morte do Caixeiro Viajante

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

 

 

 

 

Ele fez filmes como “Vampiros de Alma” e “A Morte do Caixeiro Viajante”.

Ator atuou em cerca de 50 filmes durante sua vida.

Kevin McCarthy (Seatle, Washington, 15 de fevereiro de 1914 -– Hyannis Port, Massachusetts, 11 de setembro de 2010), ator norte-americano que estrelou como um assustado médico de uma pequena cidade no aclamado filme de ficção científica “Os Invasores de Corpos”, de 1956, foi um dos veteranos de Hollywood imortalizado pelo filme “Vampiros de Alma”.

McCarthy apareceu em diversas produções de teatro, cinema e televisão nos EUA e foi indicado ao Oscar pela versão cinematográfica da peça de Arthur Miller “A Morte do Caixeiro Viajante”.

Kevin McCarthy, nascido em fevereiro de 1914 em Seattle, atuou em cerca de 50 filmes, em várias séries de televisão e peças de teatro. Estreou na Broadway no fim dos anos 1930 e foi um dos fundadores da escola de interpretação Actors Studio em Nova York.

Em 1949, interpretou Biff Loman em “A morte do caixeiro viajante”, e dois anos mais tarde interpretou o mesmo papel na adaptação cinematográfica da obra. Sua atuação nesse filme, dirigido por László Benedek, rendeu a ele uma indicação ao Oscar em 1951 e o Globo de Ouro.

Mas foi seu papel como o doutor Miles Bennell em “Vampiros de alma”, de Don Siegel (1956), que o levou à fama. O filme, que retrata a história de moradores de um pequeno povoado americano que perdem sua identidade e começam a se comportar como seres sem emoções ou sentimentos, foi uma obra cultuada em plena Guerra Fria, e é hoje considerada uma obra-prima entre os filmes de terror e ficção científica.

oexploradorPowered by Rock Convert

Kevin McCarthy também atuou em “Os desajustados”, de John Huston (1961), e “Piranha”, de Joe Dante, em 1978. O ator participou de algumas séries de televisão como “Além da Imaginação” e “Flamingo Road”.

Mas ele conquistou o maior reconhecimento por sua memorável interpretação de um médico que tenta em vão alertar os moradores da cidade sobre alienígenas, em “Os Invasores de Corpos”.

O filme de baixo orçamento foi selecionado pelo Instituto Americano de Cinema como um dos dez melhores de ficção científica de todos os tempos, e foi incluído no Registro Nacional de Filmes do Congresso Nacional dos EUA por sua importância.

Dirigido por Don Siegel, foi considerado por muitos especialistas uma metáfora dos medos do comunismo em sua época. No roteiro, moradores da cidade californiana são sistematicamente substituídos por clones alienígenas.

McCarthy, na cena mais conhecida do filme, corre em pânico em direção ao trânsito, gritando alertas: “Eles não são humanos” e “Você é o próximo”.

O filme também contou com Dana Wynter, King Donovan e Carolyn Jones. Posteriormente, o ator apareceu brevemente na refilmagem em 1978, com Donald Sutherland.

McCarthy ganhou uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante por seu papel de Biff Loma em 1951, na versão cinematográfica de “A Morte do Caixeiro Viajante”. Ele interpretou o mesmo papel na produção teatral de 1949 em Londres.

Até alguns meses atrás, seu nome ainda figurava na programação dos cinemas, com o filme “Lembranças”, com Robert Pattinson e Emilie de Ravin.

Kevin McCarthy faleceu em 11 de setembro de 2010, aos 96 anos de causas naturais no hospital Cape Cod, em Massachusetts.

 

 

(Fonte: http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/09 – POP & ARTE – Da AFP – 12/09/2010)

(Fonte: http://br.reuters.com/article/idBRSPE68C0D520100913 – NOTÍCIAS – WASHINGTON (Reuters) – (Reportagem de Will Dunham) – 13 de setembro de 2010)

© Thomson Reuters 2015 All rights reserved.

Powered by Rock Convert
Share.