Este país não tem memória. Alguém sabe quando morreu Chico Alves? É por isso…

0
Powered by Rock Convert

“Este país não tem memória. Alguém sabe quando morreu Chico Alves? É por isso que quero ser cremado: pra ninguém fazer xixi na minha campa” Nelson Gonçalves – O último boêmio

Apesar da vida atribulada e do temperamento quente, Nelson Gonçalves dedicou mais de cinqüenta anos de sua vida à música.

Nelson: voz potente em 128 discos

Nelson Gonçalves (Santana do Livramento, 21 de junho de 1919 – Rio de Janeiro, 18 de abril de 1998), o cantor é remanescente de uma época em que o talento dos cantores era medido principalmente pela potência da voz. Nelson foi um dos artistas mais populares da MPB nos anos 40 e 50. Dividia o título de rei do rádio com Francisco Alves (1898-1952), Orlando Silva (1915-1978) e Silvio Caldas e consagrou sucessos como A Volta do Boêmio, Fica Comigo Esta Noite e Maria Bethânia. Nascido em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, foi criado em São Paulo, no bairro do Brás.

Trabalhou como engraxate, jornaleiro, garçom e lutador de boxe, até ter a primeira oportunidade para cantar no rádio, em 1937. Quatro anos depois gravou o primeiro disco e, até morrer, lançaria outros 127. O último deles chegou às lojas em 1997, com regravações de canções de rock e MPB dos anos 80 – uma tentativa de se manter atualizado com as tendências musicais modernas. Seus grandes sucessos, porém, muitos deles compostos pelo amigo Adelino Moreira, eram boleros e sambas-canções que falavam de amores perdidos, A partir do final dos anos 50, Nelson passou a lutar com o vício da cocaína e foi preso pelo porte da droga, em 1966. Casado por três vezes, tinha sete filhos, cinco deles adotivos. Nelson Gonçalves morreu no dia 18 de abril de 1998, aos 78 anos, de parada cardíaca, no Rio de Janeiro.
(Fonte: Veja, 29 de abril de 1998 – ANO 31 – N° 17 – Edição 1544 – DATAS – Pág; 121)

18 de abril de 1998 – O cantor romântico Nélson Gonçalves morreu, aos 78 anos, em decorrência de um enfarte. Ele vendeu perto de 80 milhões de discos em seis décadas de carreira.

(Fonte: http://www.guiadoscuriosos.com.br/fatos_dia – 18 de abril)

Share.