Eli Wallach, ator que ficou famoso após protagonizar o filme “Três homens em conflito” e “O poderoso chefão 3”

0
Powered by Rock Convert

 

 

Eli Wallach, na cerimônia do Oscar de 2011, quando foi homenageado pela Academia.  (Foto: Lucas Jackson/Reuters)

Eli Wallach, na cerimônia do Oscar de 2011, quando foi homenageado pela Academia.
(Foto: Lucas Jackson/Reuters)

 

Eli Wallach (Nova York em 7 de dezembro de 1915 – 24 de junho de 2014), ator americano que ficou famoso após protagonizar o filme “Três homens em conflito” (1966) e “O poderoso chefão 3”.

Eli Wallach, nascido em Nova York em 1915, foi um dos atores mais produtivos de Hollywood e se manteve em atividade até completar 90 anos, trabalhando em filmes como “Wall Street: o dinheiro nunca dorme”, de 2010.

Wallach foi um dos membros fundadores do Actors Studio de Lee Strasberg que marcou indelevelmente a representação americana do pós-II Guerra Mundial, estudando ao lado de Marlon Brando (1924-2004), Montgomery Clift (1920-1966) e Sidney Lumet (1924-2011). E estreou-se no cinema precisamente sob o signo do teatro: foi em Baby Doll (1956), adaptação de Tennessee Williams (1911-1983) sob o comando de Elia Kazan (1909-2003). 

Em seus mais de 150 papéis, tanto no cinema como em séries televisivas, trabalhou ao lado de estrelas como Francis Ford Coppola, Michael Douglas, Clint Eastwood, John Ford (1894-1973), Clark Gable (1901-1960), John Huston (1906-1987), Sergio Leone, Marilyn Monroe, Al Pacino, Gregory Peck e Kate Winslet.

Wallach, que estreou no cinema em 1956 pelas mãos de Elia Kazan, participou de filmes emblemáticos na história de Hollywood, como “Sete homens e um destino” (1960), “A conquista do Oeste” (1962) e “O poderoso chefão 3” (1990).

Com Sergio Leone, conseguiu ficar famoso no mundo todo após protagonizar “Três homens em conflito”, no qual interpretou o bandido mexicano Tuco, que acompanhava Clint Eastwood e Lee Van Cleef, no longa que inaugurou o gênero ‘spaguetti-western’.

oexploradorPowered by Rock Convert

Em 2011, foi homenageado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood com um Oscar honorário.

Wallach morreu em 24 de junho de 2014, aos 98 anos.

 

(Fonte: http://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2014/06 – POP & ARTE – CINEMA – Do G1, em São Paulo – 25/06/2014)

 

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
Share.