Charles Darwin, cientista e personalidade histórica, o pai da teoria da evolução das espécie

0
Powered by Rock Convert

Origem da espécie

Em 24 de novembro de 1859, é publicado o livro “A Origem das Espécies”, do naturalista britânico Charles Darwin.

Em 24 de novembro de 1859, é publicado o livro “A Origem das Espécies”, do naturalista britânico Charles Darwin. (Foto: www.martinclaret.net/Divulgação)

Em 24 de novembro de 1859, é publicado o livro “A Origem das Espécies”, do naturalista britânico Charles Darwin. (Foto: www.martinclaret.net/Divulgação)

 

Charles Darwin (Shrewsbury, 12 de fevereiro de 1809 – Downe, Kent, 19 de abril de 1882), cientista britânico, personalidade histórica, o pai da teoria da evolução das espécies.

Em 1831, o jovem naturalista inglês Charles Darwin partia para uma viagem de cinco anos a bordo do navio Beagle. Visitaria a América do Sul – inclusive o Brasil – e a Oceania, aquela que é talvez a mais famosa excursão científica da história. Foi nessa longa viagem que ele amadureceu a ideia da evolução por meio da seleção natural, que cerca de vinte anos depois seria apresentada em “A Origem das Espécies”.

Através de seu trabalho científico, em uma viagem de cinco anos de pesquisas pelo mundo, na qual ele realizou as experiências fundamentais de sua teoria e origem da espécie, possui alguns dos milhares de plantas, fósseis e restos de animais que ele coletou na viagem.

Os estudos usado pelo cientista que deu origem a sua principal obra, “A Origem das Espécies”, em 1844, tinha 35 anos e dois medos: morrer cedo demais, devido à saúde frágil, e publicar a teoria que iria revolucionar a maneira como o homem vê a natureza, a si mesmo e a criação divina.

Casa onde Charles Darwin viveu e trabalhou por quarenta anos foi restaurada e virou museu.

Down House, a casa onde Darwin viveu e trabalhou durante quarenta anos de sua vida foi restaurada pelo governo britânico, no interior da Inglaterra.

Logo na entrada um armário onde se vê um embrulho de papel pardo, sobrescritado: “Para ser aberto apenas em caso de minha morte”. Trata-se de uma cópia, mas reproduz fielmente o usado pelo cientista para tentar preservar os estudos que deram origem a sua obra, “A Origem das Espécies”.

Darwin trabalhou e viveu com a família até a morte, em 1882. Penduradas nas paredes da casa estão as gravuras religiosas de sua mulher, Emma. O agnosticismo do cientista, que implodiu de vez a noção de um mundo que saiu pronto e acabado da vontade de Deus, como diz literalmente a Bíblia, e a religiosidade de Emma constituíram uma das raras divergências do casal.

Em uma das salas é dedicada à controvérsia que se seguiu à publicação de seu trabalho – “A Origem das Espécies” saiu em 1859, quinze anos depois de Darwin ter feito o envelope pardo.

(Fonte: Veja, 22 de abril de 1998 – ANO 31 – N° 16 – Edição 1543 –  HISTÓRIA/ Por Carlos Graieb – Pág; 87)

(Fonte: Veja, 6 de outubro de 2004 – ANO 37 – N° 40 – Edição 1874 – Veja Recomenda – LIVROS – Pág: 140/141)

 

 

oexploradorPowered by Rock Convert

 

O naturalista britânico Charles Darwin visita Fernando de Noronha, no Brasil, em 20 de fevereiro de 1832.
(Fonte: Zero Hora – ANO 49 – N° 17.301 – 20 de fevereiro de 2013 -Hoje na História – Almanaque Gaúcho/ Por Ricardo Chaves – Pág; 48)

 

 

Em 24 de novembro de 1859, é publicado o livro A Origem das Espécies, do naturalista britânico Charles Darwin.

(Fonte: Zero Hora – ANO 52 – Nº 18.304 – Hoje na História – Almanaque Gaúcho/ Por Ricardo Chaves – 24 de novembro de 2015 – Pág: 44)

 

 

(Fonte: Veja, 28 de setembro de 1994 – ANO 27 – Nº 39 – Edição 1359 – CIÊNCIA – Pág: 86/90)

 

 

 

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
Share.