Americana é a primeira negra a ganhar ouro individual na ginástica Olímpica

0
Powered by Rock Convert

Americana é a primeira negra a ganhar ouro individual na ginástica Olímpica

Ginasta americana bate compatriota e russas e é primeira negra campeã individual geral

Se na disputa por equipes da ginástica artística feminina na última terça-feira a Rússia e suas pequenas falhas praticamente não perturbaram os Estados Unidos, que conquistaram a medalha de ouro, nesta quinta a decisão do individual geral foi bem diferente, com uma briga acirrada até o fim entre as ginastas dos dois países. Ainda assim, quem acabou levando a melhor foi a norte-americana Gabby Douglas, que assegurou a medalha de ouro e se tornou a primeira negra a conquistar o título desta prova.

No combate paralelo com a compatriota Aly Raisman e com as russas Aliya Mustafina e Victoria Komova, Douglas foi a única que conseguiu manter a firmeza nos quatro aparelhos, do início ao fim da competição. Melhor das eliminatórias, a nova sensação da ginástica americana voltou a fazer grandes performances e deixou as três rivais para trás com a soma de 62,232 pontos.

oexploradorPowered by Rock Convert

Uma a uma, as outras três combatentes foram deixando a briga pelo pódio. Komova se complicou logo de cara, no salto, ao aterrissar fora do colchão e ter um desconto. A russa ainda continuou na briga e melhorou durante a prova, mas sempre atrás de Gabby Douglas, tendo de se contentar com a prata (61,973), apesar de ser apontada antes dos Jogos como favorita ao ouro. Após a divulgação das notas finais, Komova desabou no choro.

A outra russa, Mustafina, saiu da briga pelo título quando caiu na trave e ficou bastante abalada no restante da série. Uma apresentação também razoável no solo a impediu de levar a prata, e a estrela da ginástica mundial em 2010 ficou com o bronze, com 59,566 pontos.

Aly Raisman se comprometeu nas barras assimétricas, quando cometeu pequenos erros de execução e conseguiu uma nota relativamente baixa em relação a suas principais concorrentes. Mais tarde, ela ainda faria uma série bastante desequilibrada na trave. Raisman terminou a prova com os mesmos 59,566 pontos de Mustafina, mas ficou atrás da russa e fora do pódio nos critérios de desempate.

O título olímpico de Gabby Douglas é o terceiro consecutivo dos Estados Unidos no individual geral da ginástica feminina. Nastia Liukin foi campeã em Pequim-2008 e Carly Patterson ficara com o ouro em Atenas-2004.

(Fonte: http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2012/08/02 – Do UOL, em São Paulo – 2 de agosto de 2012)

Powered by Rock Convert
Share.