“O ódio de classe nos mantém com o coração quente e a cabeça fria. Fizemos o que fizemos por amor à humanidade.” A.C. Professor, ex-militante do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), que participou da execução de um companheiro acusado de traição

0
Powered by Rock Convert

O ódio de classe nos mantém com o coração quente e a cabeça fria. Fizemos o que fizemos por amor à humanidade.”

A.C. Professor, ex-militante do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), que participou da execução de um companheiro acusado de traição, em entrevista a IstoÉ, na edição 554, de 5 de agosto de 1987.

(Fonte: IstoÉ/1931 – 25/10/2006, Edição Especial 30 anos – 1987 – Editora Três – Pág; 126)

Share.