“Arre, estou um farto de semideuses! Onde há gente no mundo?” Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português, expressou em sua obra as angústias e contradições do homem moderno.

0
Powered by Rock Convert

Arre, estou um farto de semideuses! Onde há gente no mundo?

Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português, expressou em sua obra as angústias e contradições do homem moderno.

(Fonte: Revista Caras – 5 de dezembro de 2007 – Edição nº 735 – Citações)

Share.