Zelimkhan Yandarbiyev, foi vice-presidente de Dzhokhar Dudayev, primeiro mandatário checheno da era pós-soviética

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

Zelimkhan Yandarbiyev (União Soviética, 12 de setembro de 1952 – Catar, 13 de fevereiro de 2004), ex-presidente checheno, foi vice-presidente de Dzhokhar Dudayev, primeiro mandatário checheno da era pós-soviética, e serviu por um curto período como presidente depois que Dudayev foi morto por uma bomba russa em 1996.

Ele estava exilado em Doha havia mais de três anos. A pedido da Rússia, Yandarbiyev foi o primeiro separatista checheno a integrar uma lista da Organização das Nações Unidas (ONU) de grupos e pessoas suspeitas de ligação com a rede Al Qaeda.

Yandarbiyev, que estava exilado em Doha havia mais de três anos, foi o primeiro membro do governo separatista tchetcheno a ter seu nome incluído –a pedido da Rússia– em uma lista da ONU (Organiza das Nações Unidas) de pessoas ou instituições suspeitas de manter ligações com a rede terrorista Al Qaeda.

Ele constava da lista de pessoas procuradas pela interpol (polícia internacional) desde 2001.

Em setembro 1999, o então primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, ordenou nova ofensiva militar contra a Tchetchênia, alegando que ela abrigava rebeldes islâmicos que pretendiam estabelecer um Estado fundamentalista no Daguestão, república russa vizinha à Tchetchênia.

Moscou, que pediu várias vezes a extradição de Yandarbiyev, qualificava o ex-presidente como uma figura-chave na tentativa tchetchena de invasão ao Dagestão.

Segundo o governo da Rússia, os rebeldes seriam responsáveis pelos atentados terroristas que deixaram quase 300 mortos no país, em 1999. Segundo Moscou, Após quase três anos de combates, Moscou dominou a maior parte da região, incluindo a capital, Grozni, e as principais cidades.

oexploradorPowered by Rock Convert

A Tchetchênia, de maioria muçulmana, é formalmente uma república russa, mas havia conquistado autonomia após o conflito travado com Moscou entre 1994 e 1996. A região foi anexada pela Rússia no século 18, ainda na época dos czares.

Zelimkhan Yandarbiyev morreu em 13 de fevereiro de 2004, depois que seu carro explodiu no Catar. Yandarbiyev deixava uma mesquita depois das preces de sexta-feira na área de Dasma, quando a explosão aconteceu.

“Yandarbiyev foi levado em estado grave para um hospital em Doha (capital do Qatar) após seu carro ser atingido por uma explosão. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu”, disse a Al Jazira. Outras duas pessoas que viajavam com o ex-presidente também morreram na explosão.

 

(Fonte: http://noticias.uol.com.br/inter/reuters/2004/02/13/ult729u33860 – DOHA (Reuters) – ÚLTIMAS NOTÍCIAS – Por Kedar Sharma – 13/02/2004)

(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u69190 – ÚLTIMAS NOTÍCIAS – MUNDO – da Folha Online – 13/02/2004)

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
Share.