Wilson Mirza, considerado um dos principais criminalistas brasileiros, defendeu perseguidos políticos, como o antropólogo Darcy Ribeiro e o ex-presidente João Goulart, entre outras figuras públicas que lutaram contra a ditadura

0
Powered by Rock Convert

Advogado Wilson Mirza foi um dos principais criminalistas brasileiros. Foram mais de 50 anos de carreira.

 

Jurista defendeu presos e perseguidos políticos pela ditadura militar

 

 

 

Wilson Mirza (Rio de Janeiro, 1932 – Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2018), foi um dos decanos da advocacia e um dos principais criminalistas brasileiros. Advogado defendeu perseguidos políticos, jurista defendeu o antropólogo Darcy Ribeiro e o ex-presidente João Goulart, e o ex-governador Leonel Brizola, entre outras figuras públicas que lutaram contra a ditadura.

 

Considerado um dos principais criminalistas brasileiros, o jurista atuou nas mais importantes causas de crimes políticos e econômicos do país. Notabilizou-se por defender perseguidos políticos pela ditadura militar, como o antropólogo Darcy Ribeiro e o ex-presidente, João Goulart.

Powered by Rock Convert

 

O advogado criminalista ingressou no Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) em 1976 e foi membro da Comissão de Direito Penal do instituto. Graduado pela antiga Universidade do Estado da Guanabara (UEG), atual Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), o advogado se especializou em direito penal econômico e empresarial e atuou, nos últimos anos, como consultor do escritório Mirza & Malan Advogados, com sedes no Rio de Janeiro e em Brasília.

 

Wilson Mirza Abraham era um dos decanos da advocacia criminal brasileira, com mais de 50 anos de carreira. Formou-se na antiga universidade do Estado da Guanabara, atual Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), e se especializou em direito penal econômico e empresarial.

Wilson Mirza Abraham era um dos decanos da advocacia criminal brasileira, com mais de 50 anos e uma brilhante carreira.

Ele se formou pela antiga universidade do Estado da Guanabara, atual Uerj, e se especializou em direito penal econômico e empresarial.

Atuou nas mais importantes causas de crimes políticos e econômicos do país e defendeu perseguidos políticos pela ditadura militar, como, por exemplo, o antropólogo Darcy Ribeiro e o ex-presidente, João Goulart. O criminalista Wilson Mirza também era membro do Instituto dos Advogados Brasileiros.

Wilson Mirza fez parte da Turma do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) responsável pelo julgamento de infrações ético-disciplinares. O advogado foi agraciado com o Colar do Mérito Judiciário pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

Wilson Mirza nasceu e sempre viveu no Rio de Janeiro. Ao longo da carreira, recebeu diversos prêmios importantes por sua atuação, Como, por exemplo, “colar ao mérito judiciário”, dado pelo Tribunal de Justiça do Rio.

Wilson Mirza morreu em 27 de novembro de 2018 no Rio de Janeiro, aos 86 anos. Ele deixa um legado de serviços prestados à advocacia brasileira.

(Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2018/11/27 – RIO DE JANEIRO / NOTÍCIA / Por G1 Rio – 27/11/2018)

(Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-11 – GERAL /  NOTÍCIA / Por Fábio Massalli / Por Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil / Rio de Janeiro – 27/11/2018)

Powered by Rock Convert
Share.