“Se houvesse um golpe militar no Brasil ou na Argentina, nenhum aluno ou professor seria preso. Isso me preocupa.” Cristovam Buarque, ministro da Educação, cobrando a busca de “novas utopias” e de “tensão ideológica”, na universidade

0
Powered by Rock Convert

“Se houvesse um golpe militar no Brasil ou na Argentina, nenhum aluno ou professor seria preso. Isso me preocupa.”

Cristovam Buarque, ministro da Educação, cobrando a busca de “novas utopias” e de “tensão ideológica”, na universidade

(Fonte: Veja, 3 de dezembro de 2003 – ANO 36 – Nº 48 – Edição 1831 – Veja Essa/ Por Julio Cesar de Barros – Pág: 40/41)

Share.