Ross Perot, bilionário que sacudiu corridas presidenciais dos EUA na década de 1990 como candidato independente

0
Powered by Rock Convert

Ross Perot, duas vezes candidato à presidência dos EUA

 

Bilionário do Texas entrou na corrida presidencial de 1992 como candidato independente e conseguiu apoio de descontentes com os partidos Democrata e Republicano.

 

 

 

Ross Perot em 5 de abril de 2012 (Foto: HANDOUT / REUTERS)

 

 

Bilionário que sacudiu corridas presidenciais dos EUA na década de 1990

‘Candidato improvável’, texano concorreu como independente duas vezes

Henry Ross Perot (Texarkana, Texas, 27 de junho de 1930 – Dallas, Texas, 9 de julho de 2019), excêntrico bilionário do Texas e ex-candidato à presidência dos Estados Unidos em duas oportunidades.

A fortuna do empresário foi estimada em 4,1 bilhões de dólares pela revista Forbes em abril de 2019. Perot entrou na corrida presidencial de 1992 como candidato independente e conseguiu apoio de descontentes com os partidos Democrata e Republicano. Uma das suas principais bandeiras era a redução do déficit público do governo.

Perot, cujas biografias sempre destacaram ter sido um multimilionário que se construiu sozinho, se tornou um dos homens mais ricos do país ao fundar em 1962 a empresa de serviços informáticos Electronic Data Systems Corp, sendo um dos pioneiros desse setor.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Posteriormente, vendeu sua companhia à General Motors por US$ 2,5 bilhões.

 

O empresário criou em 1988 outra companhia, a Perot Systems, que liderou até 2004 quando cedeu o comando a seu filho e passou a ocupar a cadeira de presidente honorário.

Sua campanha foi financiada em grande parte por seu próprio dinheiro e contou com 30 minutos de inserções comerciais. Ele chegou a liderar uma pesquisa de intenções de voto cinco meses antes da votação, deixando para trás o republicano George H.W. Bush e o democrata Bill Clinton, de acordo com a Reuters.

O bilionário americano Perot, que por duas vezes foi candidato independente à Presidência dos EUA, era magnata do setor de tecnologia e originário do Texas, onde ficou em terceiro lugar na corrida presidencial de 1992, quando obteve 18,9% dos votos. A sua performance, particularmente popular com eleitores insatisfeitos com a conjuntura política da época, ajudou o democrata Bill Clinton a derrotar o então presidente republicano, George H. W. Bush, pai de George Bush.

Considerado um “candidato improvável”, Perot se uniu a outros americanos que haviam sido rejeitados pelos partidos Republicano e Democrata. Ele fazia da redução do déficit do governo uma das questões centrais da sua plataforma, referindo-se a ela como “a tia louca no porão” de quem ninguém quer falar.

Sua campanha foi financiada em grande parte por seu próprio dinheiro, e ele surpreendeu ao desistir da corrida presidencial cerca de quatro meses antes das eleições. Um mês antes da sua saída, uma pesquisa de opinião o apresentara como o candidato favorito, com 39% das intenções de voto, contra 13% para Bush e 25% para Clinton.

Semanas depois, ele voltou à disputa, afirmando que havia saído antes porque republicanos estavam conspirando para arruinar o casamento da sua filha. No fim, terminou com 19% dos votos.

Após a derrota, continuou ativo no mundo político com críticas ao Nafta, dizendo que o acordo levaria os empregos dos EUA para o México. Mais tarde, em 1996, concorreu à Presidência novamente, mas não teve o mesmo sucesso. Em 2000, já havia praticamente desaparecido do radar da política nacional.

Nascido em 27 de junho de 1930, Perot nasceu em Texarkaba, no Texas, e cresceu no auge da depressão. Ele se formou em 1953 na Academia Naval dos EUA. Depois de abrir sua própria empresa, se tornou bilionário aos 38 anos com a prestação de serviços de processamento de dados para clientes como a NASA e entidades governamentais.

A fortuna de Perot foi estimada em US$ 4,1 bilhões pela revista Forbes em abril de 2019. Casado desde 1956, o empresário teve cinco filhos.

Ross Perot faleceu em 9 de julho de 2019, aos 89 anos.

“Ross Perot, o empresário inovador e marido amoroso, irmão, pai e avô, morreu em sua casa em Dallas, cercado por sua família dedicada”, anunciou a família Perot em um comunicado.

(Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/07/09 – MUNDO / NOTÍCIA / Por G1 – 09/07/2019)
(Fonte: https://oglobo.globo.com/mundo – MUNDO / Por Reuters e AFP – WASHINGTON – 09/07/2019)
Powered by Rock Convert
Share.