Richard Vogt, projetista e engenheiro alemão, foi um dos maiores especialistas do mundo em aeronaves de grande porte

0
Powered by Rock Convert

Para conquistar novos territórios

Avião gigante de Hitler media mais de 40 m e pesava 100 toneladas

 

Vogt foi um dos maiores especialistas do mundo em aeronaves de grande porte (Foto: Divulgação)

 

Richard Vogt (Schwäbisch Gmünd, Alemanha, 19 de dezembro de 1894 – Santa Bárbara, Califórnia, janeiro de 1979), projetista e engenheiro alemão, que trabalhava para a empresa Blohm & Voss!, e trabalhou no desenvolvimento do maior hidroavião em serviço na Alemanha BV P200, de transporte comercial, mas que não saiu do papel.

Entre 1944 e 1945, Vogt esteve envolvido num programa que visava criar um caça de grande altitude, cujo desenho também serviu para uma versão de caça-noturno: o BV P.215.

Na verdade, o BV P.215 era o fim de uma longa série de projetos sob os cuidados de Richard Vogt, mas que não tinham sido construídos. Seria um caça com propulsão à jato e levaria novidades para a época, como um radar embarcado e mísseis.

Aproveitando partes do BV 222 e novas ideias criadas a partir do BV P200, Vogt projetou um hidroavião multi-tarefa. Além da pretendida função de transportador pesado de longo alcance, o aparelho também deveria servir para atacar embarcações, realizar patrulhas marítimas e desembarque anfíbio de tropas e veículos de combate.

Nenhum vestígio do BV 238 foi preservado, ao contrário da experiência de seu projetista. Com o final da guerra, Richard Vogt, assim como muitos outros engenheiros alemães, se mudou para os Estados Unidos, onde trabalhou em diversos projetos aeronáuticos, militares e civis.

 

BV 238

 

A última contribuição de Vogt, então um dos maiores especialistas do mundo em aeronaves de grande porte, foi no projeto do Boeing 747, lançado em 1969 e até hoje um dos maiores aviões do mundo, e de suas pesquisas resultou na adoção de winglets nas pontas das asas dos aviões.

Também outro de seus conceitos foi testado: a asa oblíqua. A ideia foi mostrada no BV P.202 (anos 40) e anos mais tarde, concretizada no AD-1, da NASA.

 

Powered by Rock Convert

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Fonte: http://airway.uol.com.br – O AVIÃO GIGANTE DE HITLER – HISTÓRIA/ Por THIAGO VINHOLES – 3 DE MAIO DE 2017)

(Fonte: http://polemologia.blogspot.com.br/2012/12 – Laboratório de Polemologia Forte de Coimbra/ Richard Vogt: do Blohm & Voss BV P.215 aos SpaceShipOne/Two? / 

Powered by Rock Convert
Share.