Richard Ney, consultor de investimentos e autor de best-sellers sobre finanças, cuja carreira anterior no cinema levou a um casamento breve e tempestuoso com a estrela do cinema Greer Garson

0
Powered by Rock Convert

Consultor Financeiro, Autor e Ator Popular

 

Richard Maximilian Ney (Nova Iorque, Nova York, 12 de novembro de 1916 – Pasadena, Califórnia, 18 de julho de 2004), consultor de investimentos e autor de best-sellers sobre finanças, cuja carreira anterior no cinema levou a um casamento breve e tempestuoso com a estrela do cinema Greer Garson.

 

Ney, que cresceu em Nova York, formou-se em Economia pela Columbia, mas com poucas perspectivas de emprego no início dos anos 1940, ele fez o teste para “Life With Father” na Broadway e foi escalado como o filho mais velho.

 

Isso o levou a Hollywood, onde, com sua beleza sombria, ele foi escalado como o filho de Garson, Vin, no drama de guerra de 1942 “Sra. Miniver”, pelo qual Greer Garson ganhou um Oscar. Um ano depois, ele se casou com Greer. Eles se divorciaram em 1947.

 

Richard Ney seguiu para papéis em mais uma dúzia de filmes e aparições na televisão ao longo de 1962. Seus filmes incluem “The Late George Apley” (1947), “Joan of Arc” (1948), “The Fan” (1949), “Miss Italia” (1950),  “Babes in Baghdad” (1952) e “Midnight Lace” (1960).

 

Em 1961, ele mudou de rumo e começou a trabalhar como conselheiro de investimentos em Beverly Hills.

 

Ele fez campanha para mudar os mercados, que considerava os pilares da livre empresa, que eram manipulados para beneficiar pessoas de dentro e especialistas, em vez de investidores individuais. Em uma entrevista de 1965 para o The New York Times, ele chamou o sistema prevalente de “mecanismos incríveis para o furto legalizado”.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Ele acrescentou: “O investidor médio no mercado é um cego atravessando a rua. Ele não pode competir com profissionais.”

 

Ele expôs seus pontos de vista em “The Wall Street Jungle” (Grove, 1970). Richard Ney argumentou que foi recusado por 39 editoras. Recebeu uma recepção fria em Wall Street, mas foi um best-seller. Ele seguiu com “Making It in the Market” (McGraw-Hill, 1975).

 

Ele também publicou um boletim quinzenal, Ney Report, até 1995. Em seguida, ele se concentrou em sua empresa de consultoria e gestão de ativos.

 

Richard Ney faleceu em 18 de julho de 2004, em sua casa em Pasadena, Califórnia. Ele tinha 87 anos. A causa foi uma doença cardíaca, disse sua esposa, Mei-Lee Ney.

(Fonte: https://www.nytimes.com/2004/07/23/business –  New York Times Company / NEGÓCIOS / Por Wolfgang Saxon – 23 de julho de 2004)

Powered by Rock Convert
Share.