Primeira Miss a desfilar com trajes muçulmanos

0
Powered by Rock Convert
Primeira Miss a desfilar com trajes muçulmanos é a nova promessa do mundo da moda
Halima Aden - Primeira Miss a desfilar com trajes muçulmanos é a nova promessa do mundo da moda

Halima Aden – Primeira Miss a desfilar com trajes muçulmanos é a nova promessa do mundo da moda

Halima Aden, de 19 anos, fez história em 2016 ao ser a primeira mulher a usar trajes muçulmanos em um concurso de miss. Além do hijab, Halima desfilou também com um burkini, tradicional traje de banho muçulmano.

A jovem, que é de origem somali e nasceu em um campo para refugiados no Quênia, se mudou para Minnesota, nos Estados Unidos, quando ainda era criança. Apesar de não ter ganho o concurso, Halima seguiu a carreira de modelo, e voltou aos holofotes após participar da Fashion Week de NY, que aconteceu em fevereiro de 2017.

A jovem foi convidada por Kanye West para participar do desfile da sua marca Yeezy, que aconteceu no último dia 15. Além de ter se tornado a sensação da semana de moda, Halima também assinou um contrato com a gigante IMG Models, que representa nomes como Kate Moss, as irmãs Hadid e a uber model brasileira Gisele Bundchen.

 

 

Halima Aden – modelo de família somali - 1ª candidata ao título de miss a usar véu islâmico

Halima Aden – modelo de família somali – 1ª candidata ao título de miss a usar véu islâmico

 

 

Halima também foi apadrinhada por Carine Roitfeld, ex-editora chefe da Vogue Paris e nome de peso no mundo da moda internacional. “Halima está rompendo limites de beleza e percepção por ser ela mesma. Acho isso incrivelmente inspirador e sei que ela será um ícone.”, disse Roitfeld.

 

 

Halima Aden – Imagens © Divulgação/Mario Sorrenti

Halima Aden – Imagens © Divulgação/Mario Sorrenti

 

 

Halima Aden – Imagens © Divulgação/Mario Sorrenti

Halima Aden – Imagens © Divulgação/Mario Sorrenti

 

A revista francesa criada por Carine Roitfeld traz em sua capa Halima Aden – modelo de família somali nascida em campo de refugiados no Quênia e que se mudou ainda pequena para os Estados Unidos. Ainda pouco conhecida no circuito fashion, a modelo caiu nas graças de Carine em novembro de 2016, quando competiu pelo título de Miss Minnesota, nos EUA. Apesar de não ter ganho o título, ela fez história como a primeira candidata em uma competição de beleza a usar o véu islâmico com roupas cobertas, enquanto as adversárias usavam vestidos de festa e biquínis.

O ensaio foi clicado por Mario Sorrenti. “Muito obrigado por me ter sob sua asa e me dar a oportunidade de uma vida inteira”, agradeceu a modelo à Carine Roitfeld em seu Instagram. Alguma dúvida de que com uma madrinha como esta vão chover trabalhos para Halima? Entrando na moda pela porta da frente…

“Halima está rompendo limites de beleza e percepção por ser ela mesma”, explica Carine Roitfeld em carta de apresentação da edição. “Acho isso incrivelmente inspirador e sei que ela será um ícone. Na edição 10 da CR, ela representa a diversidade de Paris, onde uma mistura de culturas globais convergem.” Vai longe!

 

(Fonte: http://www.hypeness.com.br/2017/02 – VIDA E ESTILO/ por Gabriela Alberti – CULTURA MUÇULMANA – MODA – 21/02/2017)

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Share.