Pela primeira vez em sua história, o Sindicato de Diretores da América indicou duas mulheres à sua categoria principal

0
Powered by Rock Convert

Sindicato dos Diretores dos EUA indica duas mulheres pela 1ª vez na categoria principal

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Chloé Zhao, Emerald Fennell, Aaron Sorkin, David Fincher e Lee Isaac Chung concorrem à melhor direção de 2020. Prêmio que acontece no dia 10 de abril é um dos termômetros do Oscar.

 

Diretores de Hollywood indicam 2 mulheres para prêmio pela 1ª vez

Vencedores do DGA serão anunciados em um evento virtual privado no dia 10 de abril, duas semanas antes do Oscar

 

Pela primeira vez em sua história, o Sindicato de Diretores da América (DGA, da sigla em inglês) indicou duas mulheres à sua categoria principal. A lista completa foi divulgada em 9 de março de 2021.

As premiações de sindicatos são consideradas bons indicadores das respectivas categorias no Oscar.
Na categoria de melhor diretor do ano estão Chloé Zhao (“Nomadland”) e Emerald Fennell (“Bela vingança”), ao lado de David Fincher (“Mank”), Aaron Sorkin (“Os 7 de Chicago”) e Lee Isaac Chung (“Minari”).

Com muitos membros entre os integrantes da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas, o DGA “previu” 16 ganhadores da categoria de melhor diretor do Oscar nos últimos 20 anos. Em 2021, a premiação do sindicato acontece no dia 10 de abril.

A última mulher a ser indicada na categoria principal foi Greta Gerwig (“Lady Bird: a hora de voar”), em 2018. Antes dela, só oito mulheres haviam concorrido, em anos diferentes. A única vencedora foi Kathryn Bigelow (“Guerra ao Terror”), em 2010.

Um ano depois de retirarem as mulheres de sua lista de melhores, os diretores de Hollywood incluíram, em 9 de março, duas diretoras entre as cinco indicadas ao seu maior prêmio, pela primeira vez em sete décadas de história da premiação.

A diretora de Nomadland, Chloe Zhao, e a diretora de Promising Young Woman, Emerald Fennel, tornaram-se a nona e décima mulheres a serem nomeadas ao prêmio principal da Associação de Diretores da America (DGA, sigla em inglês).

Zhao, nascida em Pequim, e a britânica Fennell estão acompanhadas nessa lista por Lee Isaac Chung, que se inspirou na história de sua família de imigrantes coreano-americanos para seu aclamado drama Minari.

A categoria é encerrada por David Fincher, com Mank, uma releitura da era de ouro de Hollywood, e Aaron Sorkin, com seu drama judicial ambientado na década de 1960 Os 7 de Chicago.

Os prêmios DGA são um indicador importante para o Oscar de melhor diretor. Apenas uma mulher – Kathryn Bigelow – levou o troféu até o momento, e também se consagrou como a única diretora a ganhar um Oscar, com Guerra ao Terror em 2009.

Em 2020, todos os grandes prêmios, incluindo os DGAs e o Oscar, não tiveram competidoras femininas na categoria de direção, após a notável ausência de Greta Gerwig com seu aclamado Adoráveis Mulheres. A indústria de Hollywood tem sido objeto de críticas crescentes nos últimos anos por sua falta de diversidade.

A DGA também anunciou os cinco primeiros indicados na categoria de diretor revelação, que também contou com a participação das cineastas Regina King, por One Night in Miami, e Radha Blank, por The Forty-Year-Old Version.

Veja as listas completas:

Melhor diretor em longa-metragem

  • Chloé Zhao (‘Nomadland’)

 

  • Emerald Fennell (‘Bela vingança’)

 

  • David Fincher (‘Mank’)

 

  • Aaron Sorkin (‘Os 7 de Chicago’)

 

  • Lee Isaac Chung (‘Minari’)

Melhor diretor estreante em longa-metragem

 

  • Radha Blank (‘The Forty-Year-Old Version’)

 

  • Fernando Frías de la Parra (‘Ya no estoy aquí’)

 

  • Regina King (‘Uma noite em Miami’)

 

  • Darius Marder (‘O som do silêncio’)

 

  • Florian Zeller (‘Meu pai’)

 

“Parabenizo nossos cinco indicados, cujos filmes diversos e extraordinários incorporaram esse poder universal em um ano que nunca será esquecido”, declarou o presidente da DGA, Thomas Schlamme, em comunicado.

(Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2021/03/09 – POP & ARTE / CINEMA / NOTÍCIA / Por G1 – 

(Fonte: https://entretenimento.r7.com/cinema-e-series – ENTRETENIMENTO / CINEMA E SÉRIES / por AFP – 09/03/2021)

Powered by Rock Convert
Share.