O primeiro piloto da história a ter cargo simultâneo na F1 e na Indy

0
Powered by Rock Convert

O primeiro piloto da história a ter cargo simultâneo na F1 e na Indy

Powered by Rock Convert

Rossi aceita ser reserva na Manor e se torna primeiro piloto da história a ter cargo simultâneo na F1 e na Indy

A Manor (ex-Marussia), da Fórmula 1 anunciou a volta de Alexander Rossi à equipe para a temporada 2016 da F1. O norte-americano, que também vai disputar a Indy de forma integral neste ano, vai assumir o papel de piloto reserva do time inglês
Na Manor, Rossi será o reserva direto do alemão Pascal Wehrlein e do indonésio Rio Haryanto. A equipe quer aproveitar a experiência do norte-americano, que disputou cinco corridas pela então Marussia em 2015, para compensar a ausência de quilometragem dos seus titulares, estreantes na F1.
O piloto estará disponível para a Manor em 11 das 21 corridas do calendário da F1. A primeira delas será o GP da Rússia, em maio. Destas 11, apenas cinco vão coincidir com a temporada da Fórmula Indy, disputada quase totalmente em solo americano.
Alexander Rossi está de volta à F1. Mas não vai largar o posto de titular da Andretti na Indy, não. Na verdade, o norte-americano vai se dividir entre as duas categorias. A Manor anunciou na manhã de 9 de março de 2016 que Rossi vai assumir o cargo de piloto reserva da equipe inglesa para a temporada 2016. Será a primeira vez na história que um competidor vai estar simultaneamente nos dois campeonatos mais importantes de monopostos do mundo. 
Rossi vai participar em 11 etapas do Mundial com a Manor neste ano e terá como principal tarefa trabalhar em conjunto com os engenheiros e titulares no desenvolvimento do MRT05. A primeira aparição do jovem de 24 anos será durante o GP da Rússia, que acontece entre os dias 29 de abril e 1º de maio, representando a quarta etapa da temporada.
O chefe de equipe da Manor, Dave Ryan, justificou a escolha de Rossi. “Precisamos de um seguro par de mãos para assumir essa função, que sempre tem a possibilidade de virar opção para a corrida. Mas também precisamos de alguém que possa realmente contribuir com o desenvolvimento do carro”, disse o dirigente, ao mencionar a experiência do americano.

Ryan explicou que o piloto vai trabalhar diretamente com os engenheiros e pilotos do time para ajudar no desenvolvimento do carro, modelo MRT05. Também atuará em atividades de marketing e divulgação. E deverá estar disponível para qualquer emergência em caso de necessidade da equipe.

Alexander Rossi durante TL2 em Cingapura (Foto: AP)

Alexander Rossi durante TL2 em Cingapura (Foto: AP)

 

“Eu investi grande parte da minha carreira na F1 e não vou ficar esperando as coisas acontecerem, por isso essa é a minha maneira de continuar perto e preparado”, disse Alexander, que correu pela Manor em cinco etapas do campeonato em 2015.

“Foi decepcionante perder um lugar na Manor para 2016. Como todos sabem, eu trabalhei muito por isso. Mas agora, como piloto reserva, tenho um programa duplo de trabalho no mais alto nível do automobilismo.
A Indy é a principal categoria nos EUA e é extremamente competitiva. Na verdade, é um privilégio defender a Andretti. E estou confiante de que esta experiência vai acrescentar muito ao meu trabalho na equipe da F1″, completou Alexander.
(Fonte: http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias – F1 – 09/03/2016)
(Fonte: http://www.parana-online.com.br/editoria/esportes/news/939044 – ESPORTES – ESTADÃO CONTEÚDO – 09/03/2016)
Powered by Rock Convert
Share.