“O campo é onde não estamos. Ali, só ali, há sombras verdadeiras e verdadeiro arvoredo.” Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português, uma das figuras mais singulares e complexas da literatura portuguesa em todos os tempos.

0
Powered by Rock Convert

“O campo é onde não estamos. Ali, só ali, há sombras verdadeiras e verdadeiro arvoredo.”

Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português, uma das figuras mais singulares e complexas da literatura portuguesa em todos os tempos.

(Fonte: Revista Caras, 8 de setembro 2017 – Ano 24 – N° 36 – Edição 1244 – CITAÇÕES – Pág: 26)

Share.