“Nesses momentos dramáticos que vive o mundo, o artista deve chorar e rir com o seu povo. É preciso abandonar o buquê de lírios e mergulhar-se no barro até a cintura para ajudar aqueles que procuram os lírios.” Federico García Lorca (1898-1936), poeta espanhol, em sua obra “Conversa sobre o Teatro”.

0
Powered by Rock Convert

“Nesses momentos dramáticos que vive o mundo, o artista deve chorar e rir com o seu povo. É preciso abandonar o buquê de lírios e mergulhar-se no barro até a cintura para ajudar aqueles que procuram os lírios.”

Federico García Lorca (1898-1936), poeta espanhol, em sua obra “Conversa sobre o Teatro”.

(Fonte: Revista Caras – ANO 22 – Nº 49 – Edição 1152 – 05/12/2015 – Citações)

Share.