“Não é o apartamento funcional que tem foro por prerrogativa de função. É a senadora da República.” PAULO BUENO DE AZEVEDO, juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo e responsável pela Operação Custo Brasil, que resultou na prisão preventiva de Paulo Bernardo

0
Powered by Rock Convert

“Não é o apartamento funcional que tem foro por prerrogativa de função. É a senadora da República.” 

PAULO BUENO DE AZEVEDO, juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo e responsável pela Operação Custo Brasil, que resultou na prisão preventiva de Paulo Bernardo

 

“A operação montada para a busca e apreensão em nossa casa e para a prisão do Paulo (Bernardo, seu marido, ex-ministro dos governos Lula e Dilma) foi surreal. Até helicópteros foram usados, força policial armada, muitos carros. Para que isso, chamar a atenção?” 

GLEISI HOFFMANN, senadora (PT-PR), na tribuna do Senado. Paulo Bernardo foi preso no dia 23 sob a acusação de ter recebido 7 milhões de reais em propinas de um esquema que fraudava servidores públicos. No dia 29, o STF considerou sua prisão ilegal e mandou libertá-lo

(Fonte: Veja, 6 de julho de 2016 – ANO 49 – Nº 27 – Edição 2485 – PANORAMA – Veja Essa – Editado por Rinaldo Gama – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 42/43)

Share.