“Não é elegante dizê-lo, mas a senhora Ekberg sofre de uma verdadeira falta de liquidez.” Massimo Morais, representante da atriz sueca Anita Ekberg, que, em 1960, estrelou o filme La dolce vitta, do diretor Federico Fellini. Morais pediu dinheiro à Fundação Fellini

0
Powered by Rock Convert

“Não é elegante dizê-lo, mas a senhora Ekberg sofre de uma verdadeira falta de liquidez.”

Massimo Morais, representante da atriz sueca Anita Ekberg, que, em 1960, estrelou o filme La dolce vitta, do diretor Federico Fellini. Morais pediu dinheiro à Fundação Fellini

(Fonte: Revista Época – Nº 711 – 2 de janeiro de 2012 – Dois Pontos – Pág: 23)

Share.