“Na prática, queremos que as pessoas consigam pensar no Brasil neste momento com a nossa colaboração. O programa não nasce com a missão oficial de levar bandeiras a quem de fato deveria resolver isso (sobre a violência contra as mulheres). Estamos falando para um público e eu espero que possa evoluir a um movimento particular que leve a algo de belo e grandioso como foi a TV Mulher daquela época.” MARÍLIA GABRIELA, apresentadora do TV Mulher, programa que reestreou no dia 31 de maio, após 30 anos, agora no canal Viva – UOL – Sexta-feira (20)

0
Powered by Rock Convert

“Na prática, queremos que as pessoas consigam pensar no Brasil neste momento com a nossa colaboração. O programa não nasce com a missão oficial de levar bandeiras a quem de fato deveria resolver isso (sobre a violência contra as mulheres). Estamos falando para um público e eu espero que possa evoluir a um movimento particular que leve a algo de belo e grandioso como foi a TV Mulher daquela época.” 

MARÍLIA GABRIELA, apresentadora do TV Mulher, programa que reestreou no dia 31 de maio, após 30 anos, agora no canal Viva – UOL – Sexta-feira (20)

(Fonte: Revista CONTIGO! – Edição n° 2124 – 6 JUNHO 2016 – FRASES – Pág: 98)

Share.