Mort Drucker, quadrinista que desenhava as paródias de filmes e séries da revista MAD

0
Powered by Rock Convert

Mort Drucker, lendário caricaturista da revista ‘Mad’

 

Quadrinista fazia as paródias de filmes da revista

 

Mort Drucker (Brooklyn, Nova York, 22 de março de 1929 – Woodbury, Nova York, 8 de abril de 2020), renomado cartunista americano, foi um dos principais caricaturistas da revista Mad.

 

Colaborador da MAD por cinco décadas, Drucker se especializou em produzir as paródias de filmes, TV e sátiras políticas que ajudaram a tornar a revista MAD relevante na cultura pop. O desenhista ilustrou 238 paródias para a publicação, entre 1956 e 2008, quando deixou a revista. Seu último trabalho foi uma sátira de As Crônicas de Narnia. “Acredito que desenhei quase todo mundo em Hollywood“, disse o ilustrador na época (via The New York Times).

 

Drucker foi o artista com a carreira mais duradoura na Mad, produzindo caricaturas, ilustrações e sátiras visuais por 55 anos, mas sua carreira como desenhista data da década de 1940, na era de ouro das comics americanas.

 

oexploradorPowered by Rock Convert

Drucker foi recomendado aos 18 anos por ninguém menos que Will Eisner, criador de The Spirit. Ele trabalhou na DC Comics produzindo Hopalong Cassidy, um quadrinho com temática de faroeste, antes de ingressar na Mad, em 1956.

Paralelamente ao seu trabalho na Mad, Drucker desenhou por anos para a DC, ilustrando War Stories e The Adventures of Bob Hope. Ele também atuou como criador de pôsteres para filmes como American Graffiti, de George Lucas.

 

Criada por William Gaines e Harvey Kurtzman na década de 1950, a MAD é uma das mais importantes publicações voltadas ao humor. Conhecida por seu humor ácido que satirizava tanto obras da cultura pop quanto acontecimentos sociais, o título foi um celeiro de grandes artistas como AragonésDon MartinDave BergAntonio ProhíasPeter Kuper e Wally Wood. No Brasil, a revista foi publicada pelas editoras Vecchi, Record, Mythos e Panini.

Em 2010, Drucker foi introduzido ao Hall da Fama dos quadrinhos pela premiação Eisner Awards.

Mort Drucker faleceu em sua casa, em Woodbury, Nova York, em 8 de abril de 2020, aos 91 anos.

(Fonte: https://istoe.com.br – EDIÇÃO Nº 2621 – CULTURA / Por Estadão Conteúdo – 09/04/2020)

(Fonte: https://www.omelete.com.br/quadrinhos – QUADRINHOS / HQ/LIVROS / NOTÍCIA / Por PABLO RAPHAEL – 09.04.2020)

Powered by Rock Convert
Share.