“Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem”. (Salmos 23.4 )

0
Powered by Rock Convert

“Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem”. (Salmos 23.4 )

 

Quando somos crianças e alguém briga conosco logo retrucamos e dizemos: vou chamar o meu pai, confiamos nele pois ele nos guarda e cuida de nós, nos sentimos seguros quando ele está por perto e deixamos os medos de lado.

Devemos ser como crianças confiar em Deus assim como uma criança confia no pai, sabendo que Ele cuida de nós e nos protege diante das situações mais embaraçosas possíveis.

 

“E disse: “Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus”. (Mateus 18.3 )

A criança confia naquilo que falam para ela, toma como verdade o que a prometem, não dúvida, apenas acredita, e nós em nossa na fase adulta muitas vezes duvidamos de Deus e de suas promessas, perdemos a fé a inocência que uma criança tem.

O nosso coração deve ser como o de uma criança, devemos descansar nos braços do nosso Pai, confiar pois a nossa segurança não está em homens mas em Deus.

Ore: “Entrego ao Senhor a minha confiança como uma criança, de todo o meu coração, com inocência. Amém!”

Share.