Foi o primeiro a descrever uma parte fundamental da anatomia íntima feminina

0
Powered by Rock Convert

Mateo Realdo Colombo (c. 1516-1559), ou Renaldus Columbus, foi um professor de anatomia e cirurgião da Universidade de Pádua, na Itália entre (1544-1559), aluno e sucessor de Vesálio. Mateo Realdo Colombo foi o cientista do século XVI que foi reputado como o primeiro a descrever uma parte fundamental da anatomia íntima feminina – o clítoris.

Sua obra foi publicada sob o nome de De re anatomica, onde apresentava uma descrição completa da circulação pulmonar, e corrigia algumas omissões e erros de seu mestre.

O livro é também conhecido por sua descrição do clitóris, chamado por Colombo de “Prazer de Vênus“, descoberto no corpo de sua mecenas, D. Inês de Torremolinos, e cujo descobrimento foi reivindicado por Gabriel Fallopius, em obra publicada dois anos após o seu. Caspar Bartholin, o Jovem, no século XVII, descartou ambas atribuições, alegando que o clitóris era conhecido pelos anatomistas desde o século II a.C.

oexploradorPowered by Rock Convert

William Harvey, que estudou em Pádua uns 50 anos depois, baseou-se nos trabalhos de Colombo para sua própria teoria sobre a circulação sanguínea.

O psicanalista e escritor argentino Federico Andahazi ganhou fama ao descrever a vida de Colombo e seus cruciais descobrimentos na obra O Anatomista (1996), romance baseado na vida de Mateo Realdo Colombo. Nesse livro, Andahazi volta à mesma época para criar uma envolvente história de crime e mistério nos estúdios de arte.

A partir do assassinato do jovem aprendiz de um artista de Florença, a trama expõe a rivalidade entre os mestres florentinos, especialistas na perspectiva, e os flamengos, que dominavam a tecnologia das cores e tintas.

(Fonte: Veja, 27 de outubro de 2004 – ANO 37 – Nº 43 – Edição 1 877 – Veja Recomenda – LIVROS/ “O Segredo dos Flamengos”/ Por Federico Andahazi – Pág: 140)

Powered by Rock Convert
Share.