Manuel Bandeira (1886-1968), poeta, crítico literário e tradutor pernambucano

0
Powered by Rock Convert

“A vida é uma só. A sua continua/ Na vida que você viveu./ Por isso não sinto agora a sua falta.”

Manuel Bandeira (1886-1968), poeta, crítico literário e tradutor pernambucano, sobre Mário de Andrade (1893-1945).

(Fonte: www.caras.uol.com.br – 24 de fevereiro de 2011 – Edição 903 – Citações)

Share.