Julia Phillips, produtora de “Taxi Driver” e “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”

0
Powered by Rock Convert
JULIA PHILLIPS, GANHADORA DO OSCAR® POR ''GOLPE DE MESTRE'' (Foto: Divulgação)

JULIA PHILLIPS, GANHADORA DO OSCAR® POR ”GOLPE DE MESTRE” (Foto: Divulgação)

Julia Phillips (Nova York, 7 de abril de 1944 – Hollywood, Califórnia, 1º de janeiro de 2002), produtora de “Taxi Driver” e “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”, célebre produtora em Hollywood que se tornou a primeira mulher a ganhar um Oscar® de Melhor Filme

Em sua expressiva carreira, Phillips produziu três filmes que se tornaram ícones do cinema nos anos de 1970: Golpe de Mestre (1973), Taxi Driver (1976) e Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1977).

”Golpe de Mestre” recebeu em 1974 o Oscar® de Melhor Filme, e Julia Phillips, aos 29 anos de idade, dividiu o prêmio com o produtor Tony Bill e também seu marido, Michael Phillips. Os três foram juntos ao palco do Dorothy Chandler Pavilion e Julia foi a primeira a falar: ”Vocês podem imaginar o que isso significa para uma garota judia vinda de Great Neck: eu ganho um Oscar® e no mesmo dia conheço Elizabeth Taylor.”

”Taxi Driver”, que foi premiado com a Palma de Ouro em Cannes em 1976, também concorreu ao Oscar® de Melhor Filme. 

Se os anos 70 foram a glória para Julia Phillips, os 80 foram o seu martírio. A produtora havia conquistado Hollywood, mas de repente sucumbiu ao se tornar dependente de cocaína. Phillips não produziu nenhum filme ate 1988, quando lançou ”The Beat”. Este foi seu último trabalho no cinema. 

Em 1991 Phillips novamente chamou a atenção de Hollywood ao escrever suas memórias, ”You’ll Never Eat Lunch In This Town Again”, em que citava nomes célebres da indústria como Steven Spielberg, Warren Beatty e Martin Scorsese. Já no lançamento o livro ocupou o primeiro lugar na lista de bestseller do New York Times. Em 1995 ela lançou uma sequência, ”Driving Under the Affluence”, também com enorme sucesso. 

Phillips foi descrita pelo jornal Daily Variety como ”brilhante mas ameaçadora contadora de histórias, que xingava a todos feito um estivador, fumava sem parar e não se preocupava em fazer inimizades com as revelações de seus livros”. 

Julia Miller, seu nome de nascimento, nasceu em Manhattan em 1944 e foi criada em Long Island. Seu pai era um cientista que trabalhou no projeto Los Alamos e foi membro da equipe que criou a bomba atômica. Julia Phillips trabalou como publicitária antes de entrar para a indústria de cinema. Na produtora First Artists, ela se tornou a protegida de David Begelman. Ali ela trabalhou com atores como Barbra Streisand e Robert Redford.

oexploradorPowered by Rock Convert

Julia Phillips morreu em 1º de janeiro de 2002, véspera de ano novo. Phillips tinha 57 anos de idade e faleceu em sua casa em Hollywood, ela sofria de câncer. 

(Fonte: http://www.epipoca.com.br/noticias/ver/6388/hollywood- NOTÍCIAS – HOLLYWOOD – 03/01/2002)

Todos os direitos reservados – 2009-2015 Rádio e Televisão Record S/A

Powered by Rock Convert
Share.