Juan Carlos Tabío, co-diretor do icônico filme “Morango e Chocolate” (1993), e Guantanamera (1995) com Tomás Gutiérrez Alea (Titón)

0
Powered by Rock Convert

Juan Carlos Tabío, co-diretor cubano indicado ao Oscar por ‘Morango e Chocolate’

 

Juan Carlos Tabío (Havana, Cuba, 3 de setembro de 1943 – Havana, 18 de janeiro de 2021), cineasta cubano, co-diretor do icônico filme “Morango e Chocolate” (1993), sobre o drama vivido pelos homossexuais na Revolução Cubana.

 

O cineasta foi figura importante da cinematografia nacional e autor de obras reconhecidas pelo público e pela crítica, autor de “Se permuta” (1985) e “Plaff” (1998), entre outros filmes.

 

Tabío, vencedor do Prêmio Nacional de Cinema 2014 e cuja obra “faz parte da história transcendente do cinema cubano”, “compartilhou a direção de Morango e Chocolate (1993) e Guantanamera (1995) com Tomás Gutiérrez Alea (Titón)”, falecido em 1996 e considerado o mais importante de todos os cineastas da ilha.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Sozinho, ele também dirigiu “Plaff” (1988), “Lista de Espera” (2000) e “El Cuerno de la Abundancia” (2008), que acabou se tornando sua última obra.

 

Vencedor de vários prêmios internacionais, “Morango e Chocolate” revelou ao mundo o drama vivido pelos homossexuais nos primeiros anos da Revolução Cubana, com perseguições e internações em campos de trabalhos forçados.

 

Juan Carlos Tabío faleceu em 18 de janeiro de 2021, em Havana aos 77 anos.

(Fonte: https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo – NOTÍCIAS / MUNDO / por AFP – 18/01/2021)

Powered by Rock Convert
Share.