Joseph Campbell, considerado o maior mitólogo do Ocidente, autor de “O Mito e o Mundo Moderno”

0
Powered by Rock Convert

Joseph Campbell: biografia e jornada de um herói

Esse grande pensador, antropólogo e escritor deixou um imenso e valioso legado no campo da mitologia.

 

 

Joseph John Campbell (White Plains, Nova York, 26 de março de 1904 – Honolulu, Havaí, 30 de outubro de 1987), foi um pensador, escritor, antropólogo e professor norte-americano conhecido por seus estudos sobre o universo da mitologia.

 

O seu trabalho foi considerado de grande importância em sua área, mas também em outros campos, como a psiquiatria.

 

Ele foi contemporâneo de outros grandes pensadores e figuras influentes do século XX, como Jiddu Krishnamurti e James Joyce. Por isso, foi influenciado por várias correntes filosóficas e de pensamento.

 

Campbell dedicou a sua vida e o seu trabalho à mitologia comparada. O seu trabalho mais relevante é ‘O Herói das Mil Faces’, embora tenha escrito muitos livros que, ainda hoje, são considerados leitura obrigatória para antropólogos e terapeutas.

De fato, o seu trabalho inspirou muitos profissionais de diversas áreas, da psicologia ao mundo do cinema. Campbell foi um grande herói que conseguiu transcender gerações. 

 

Biografia de Joseph Campbell

 

Ele nasceu em Nova York em 1904. O jovem Campbell foi com o pai ao Museu Americano de História Natural, onde começou a se interessar por tudo relacionado à cultura dos índios nativos americanos.

 

Alguns anos depois, tornou-se um especialista nessa área e, principalmente, na mitologia dessa cultura.

 

Joseph Campbell se formou em Literatura Inglesa na Universidade de Columbia em 1925, onde também concluiu o Mestrado em Literatura Medieval em 1927. Enquanto permaneceu nesta Universidade, fez duas importantes viagens ao México e à Guatemala.

 

Mais tarde, ele viajou para a Europa e conheceu o filósofo e escritor Jiddu Krishnamurti. Após esse encontro, viajou para a Índia e começou a se interessar por filosofias orientais, especialmente o budismo.

 

Na Europa, continuou a sua educação e se especializou no ciclo arturiano, um conjunto de textos literários que têm como origem alguns fatos históricos, juntamente com elementos do folclore celta.

 

Estudou filologia indo-europeia na Universidade de Munique e recebeu uma bolsa para estudar francês antigo, provençal e sânscrito. Além disso, durante os anos em que esteve fora dos Estados Unidos, aprendeu francês, alemão e japonês, idiomas em que se manteve fluente ao longo de toda a sua vida.

 

Detalhes sobre sua obra

 

Powered by Rock Convert

Seu primeiro livro, O Herói das Mil Faces, foi lançado em 1949. É um trabalho que detalha o que ele chamou de jornada do herói e em que o conceito de monomito ou jornada do herói apareceu pela primeira vez.

Explica que a vida de cada herói consiste em empreender uma jornada, o que o obriga a enfrentar uma série de testes psicológicos que devem ser superados, a fim de evoluir como ser humano.

 

Além disso, a sabedoria adquirida deve ser compartilhada com o restante do mundo enquanto volta para casa.

 

Um fato curioso que não deixa de surpreender é que Joseph Campbell provou que esse mito se repete em todas as culturas e mitologias do mundo, independentemente da sua religião ou influência geográfica.

 

De fato, ele mostrou que existe um caminho para realizar as transformações necessárias no ser humano, e que esse caminho também é universal.

 

Campbell trabalhou com Swami Nikhilananda na tradução de The Upanishads, um conjunto de livros sagrados hindus, e sua edição subsequente. Ele também se interessou pelo trabalho do psiquiatra suíço Carl Jung.

 

Entre as suas obras mais conhecidas estão ‘As Máscaras de Deus’, ‘A Imagem do Mito’ e ‘A Jornada do Herói’. O legado literário de Campbell em torno da mitologia, espiritualidade e religião é enorme.

 

Em 1985, começaram as filmagens de O Poder do Mito, com George Lucas. O diretor de cinema era um estudioso e seguidor do trabalho de Joseph Campbell, e foi através de suas leituras que surgiu o sucesso da popular saga Star Wars.

 

As influências na biografia de Joseph Campbell

 

Campbell foi profundamente influenciado por obras como The Upanishads e autores como Otto Rank, James Frazer, Abraham Maslow e Stanislav Grof. Além disso, também foi influenciado pelo método junguiano de interpretação dos sonhos, intimamente relacionado à teoria do mito que ele desenvolveu.

 

Em suas obras, podemos observar referências frequentes a escritores como James Joyce e Thomas Mann, além de se sentir atraído pelo trabalho de Pablo Picasso, Nietzsche e Schopenhauer.

 

Joseph Campbell morreu em 30 de outubro de 1987 em Honolulu e deixou para trás um legado imenso e valioso no campo da mitologia comparada.

 

Ele soube combinar um enorme conhecimento sobre história, literatura, antropologia e religião que ainda hoje são de especial interesse no mundo acadêmico. Campbell foi um herói que vale a pena ser lembrado.

Joseph Campbell e o poder do mito

 

(Fonte: https://amenteemaravilhosa.com.br – CULTURA / BIOGRAFIAS – outubro 19, 2019)

Powered by Rock Convert
Share.