Jan-Michael Vincent, astro da série ‘Águia de Fogo’, sucesso nos anos 80

0

 

Jan-Michael Vincent, ator da série ‘Águia de fogo’

 

 

Jan-Michael Vincent, ator de ‘Águia de Fogo’, em foto de 1984 — (Foto: Wally Fong/AP)

Astro da série ‘Águia de Fogo’, sucesso nos anos 80

 

 

 

Jan-Michael Vincent (Denver, Colorado, 15 de julho de 1945 – Carolina, 10 de fevereiro de 2019), mais conhecido por estrelar a série Águia de Fogo (Airwolf, no título original), exibido no Brasil nos anos 1980.

 

 

Estrela da TV e do cinema dos anos 70 e 80, seu principal trabalho foi em “Águia de Fogo”.

 

 

Na série de sucesso Águia de Fogo, o galã vivia um piloto Stringfellow Hawk, que usava um helicóptero de última geração, que pertence à agência secreta dos EUA, para encontrar o irmão que desapareceu no Vietnã. O ator Ernest Borgnine (1917-2012) também fazia parte da produção.

 

 

Vincent interpretou o piloto Stringfellow Hawke na série oitentista, que foi exibida originalmente entre 1984 e 1986. Ele foi um dos atores mais bem pagos da televisão na década e chegou a receber US$ 200 mil por episódio.

 

Desde os anos 1970, ele tinha problemas com drogas e álcool. Inclusive, seu vício e seu comportamento instável foram grandes motivos para “Águia de Ouro” ser cancelada.

Jan-Michael foi um dos atores mais bem-pagos da TV nos anos 1980. No entanto, a série chegou a ser cancelada por causa dos problemas do ator com o álcool.

Antes da fama na TV, ele já havia conquistado papéis de destaque, na década de 1970, em filmes como Três Amigos (1978) e O Mecânico (72), ao lado de Charles Bronson.

Em um acidente de carro, em 1996, Vincent quebrou o pescoço e sofreu lesões nas cordas vocais. O ator já vinha enfrentando problemas de saúde, principalmente depois que sua perna direita foi amputada após uma infecção em 2012.

Ele também atuou em “Going Home” (1971), “Big Wednesday” (1978), “The Winds of War” (1983), “Rave Nerve” (1991) e “White Boy” (2002).

Seu trabalho mais recente do ator foi no filme White Boy, de 2002.

Vincent morreu enquanto estava internado no hospital North Carolina, aos 74 anos, em decorrência de um ataque cardíaco em 10 de fevereiro.

(Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2019/03/08 – POP & ARTE / NOTÍCIA / Por G1 – 08/03/2019)

(Fonte: https://cultura.estadao.com.br/noticias/televisao – NOTÍCIAS / TELEVISÃO / CULTURA / Por Redação, O Estado de S.Paulo – 08 de março de 2019)

(Fonte: Zero Hora – ANO 55 – N° 19.343 – 9 E 10 de março de 2019 – TRIBUTO / MEMÓRIA – Pág: 36)

Share.