“Isso é risível.” Hun Sen, primeiro-ministro do Camboja, não acreditando numa única palavra de Samphan e prometendo levar os crimes do Khmer a julgamento

0
Powered by Rock Convert

Isso é risível.”

Hun Sen, primeiro-ministro do Camboja, não acreditando numa única palavra de Samphan e prometendo levar os crimes do Khmer a julgamento

 

 

Meu erro foi ter sido muito ingênuo.”

Khieu Samphan, ex-primeiro-ministro do Khmer Vermelho, em carta aberta ao povo do Camboja, afirmando que ignorava os crimes do regime

(Fonte: Revista Veja, 29 de agosto de 2001 – ANO 34 – Nº 34 – Edição 1715 – Veja Essa / Por Julio Cesar de Barros – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 32/33)

Share.