Iacov Hillel, foi professor na Escola de Arte Dramáticas da USP e participou da formação do laboratório da ECA (Escola de Comunicações e Artes)

0
Powered by Rock Convert

Diretor de teatro e iluminador

 

Iacov foi diretor do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e professor na Escola de Artes Dramáticas da USP.

 

Iacov Hillel em estreia da ópera Pelleas et Melisande, que dirigiu com o barítono Yunpeng Wang e a soprano Rosana Lamosa no Theatro Municipal – (Foto: Marcus Leoni / Folhapress)

 

 

Iacov Hillel (Haifa, Israel, em 1949 – São Paulo em 2 de junho de 2020), diretor de teatro e iluminador. Artista ganhou destaque ao produzir peças sobre a cultura judaica. Dirigiu óperas como Otello Elisir d’Amore no Theatro Municipal de São Paulo.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Iacov foi professor na Escola de Arte Dramáticas da USP e participou da formação do laboratório da ECA (Escola de Comunicações e Artes).

Como diretor e iluminador, fez carreira com muitas óperas no currículo e, também, trabalhos na comunidade judaica. Foi também diretor do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Um de trabalhos favoritos foi a ópera Pelléas e Mélisande, de Claude Debussy que ele dirigiu e iluminou e que foi encenada no Teatro Municipal de São Paulo, em 2018.

Nascido em um campo de refugiados em Haifa, em Israel, em 1949, Iacov se mudou para Brasil ainda criança, aos seis anos.

Iacov Hillel faleceu em São Paulo em 2 de junho de 2020. Ele tinha 71 anos e lutava contra um câncer de fígado, descoberto em 2018.

O tratamento inicial contra o câncer teve sucesso, mas a doença voltou no final de 2019. Iacov sofreu uma hemorragia no esôfago e foi internado no hospital Cristóvão da Gama, em Santo André.

(Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/06/02 – SÃO PAULO / NOTÍCIA / Por Dalton Ferreira — São Paulo – 02/06/2020)
(Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2020/06 – ILUSTRADA – 2.jun.2020)
Powered by Rock Convert
Share.