Harry Dean Stanton, ator de Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer (1992)

0
Powered by Rock Convert

Sua carreira, iniciada em 1957, foi marcada por pequenos papéis até o encontro com Wim Wenders, na obra que venceu a Palma de Ouro em Canne

Harry Dean Stanton

Harry Dean Stanton na estreia de ‘Os Vingadores’, em 2012. (Foto: REUTERS/Danny Moloshok)

 

Ator foi creditado em quase 200 filmes e séries, incluindo “Alien – O Oitavo Passageiro” e “À Espera de um Milagre”.

 

Harry Dean Stanton (Irvine, 14 de julho de 1926 – Los Angeles, 15 de setembro de 2017), ator norte-americano, conhecido por atuar em filmes como “O Poderoso Chefão” e “Paris Texas”, apareceu em dezenas de filmes incluindo “Repo Man – A Onda Punk”, “Rebeldia Indomável” e “Paris, Texas”, além da sequência da série de televisão “Twin Peak”.

Em mais de 60 anos de carreira, Stanton colecionou mais de 20 filmes, o último foi “Inland Empire”, em 2006. Além disso, foi indicado aos prêmios do Screen Actors Guild na categoria de atuação extraordinária de elenco em cinema pelo filme “The Green Mile”, e no Satellite Awards, na categoria de melhor ator coadjuvante, pela atuação em “Big Love”.

Harry Dean Stanton iniciou-se no cinema – em 1957. Já não era jovem. Passara dos 30 quando apareceu num pequeno papel de O Festim da Morte, western de Lesley Selander (1900-1979) protagonizado por Chuck Connors. Mais dez anos e Harry Dean foi um dos detentos de Rebeldia Indomável, de Stuart Rosenberg (1927-2007), com o astro Paul Newman. A partir daí, não parou mais de trabalhar, mas eram sempre papéis secundários, de durões.

Com mais de 60 anos de carreira e participação em 236 produções, o norte-americano trabalhou com alguns dos principais diretores de Hollywood e do mundo, como Martin Scorsese, Francis Ford Coppola, John Carpenter e Wim Wenders.

Em uma carreira de 60 anos, Stanton trabalhou com alguns dos diretores mais notáveis de Hollywood, incluindo Frances Ford Coppola (“O Poderoso Chefão 2” e “O Fundo do Coração”); Sam Peckinpah (“Pat Garrett & Billy the Kid”); Martin Scorsese (“A Última Tentação de Cristo”); David Lynch (“Coração Selvagem”, “História Real” e “Império dos Sonhos”) e Ridley Scott (“Alien”).

Os Guerreiros Pilantras, de Brian G. Hutton, com Clint Eastwood; Pat Garret e Billy the Kid, de Sam Peckinpah, com James Garner e Kris Kristofferson; O Poderoso Chefão 2.ª Parte, de Francis Ford Coppola, com Al Pacino e Robert De Niro; Alien, o primeiro, de Ridley Scott, com Sigourney Weaver. A lista é interminável e provavelmente seguiria assim se, em 1984, algo não tivesse se passado.

O cineasta alemão Wim Wenders planejava um road movie nos EUA. Um filme escrito por Sam Shepard, sobre um derrotado que parte com o filho em busca da mulher. No imaginário de Wenders, Paris, Texas seria uma variação da Odisseia. O pai ausente. O filho Telêmaco. O filme recebeu a Palma de Ouro em Cannes, fez sucesso de público e crítica em todo o mundo. De repente, aos 58 anos, Harry Dean Stanton virou cult. Iniciou-se outra carreira e, entre outros títulos de prestígio, participou de Twin Peaks e Império dos Sonhos, ambos de David Lynch.

Ele nasceu em Irvine, na Califórnia, em 14 de julho de 1926, numa família modesta. Nunca se casou, mas admitia ter ‘um ou dois filhos por aí’. Faz uma rápida aparição no filme Os Vingadores, da Marvel, onde se encontra com o personagem Bruce Banner/Hulk, interpretado por Mark Rufallo. A cena foi bastante cortada no cinema, mas há informações de que estará nos extras do DVD e Blu-Ray.

Powered by Rock Convert

“Os Vingadores”

O ator também fez uma rápida aparição no filme “Os Vingadores”, da Marvel, onde ele se encontra com o personagem Bruce Banner/Hulk, interpretado por Mark Rufallo. Foi dito por Mark que a cena completa estará nos extras do DVD e Blu-Ray. O ator também participa do primeiro episódio da segunda temporada de “Two and a Half Men” de 2004, estrelada por Charlie Sheen e Jon Cryer, juntamente com Elvis Costelo e Sean Penn.

 

Vida pessoal

Harry Dean Stanton nasceu em Irvine, no Kentucky, filho de Sheridan Harry Stanton, barbeiro e plantador de tabaco, e de Ersel Moberly, uma cozinheira. Seus pais se divorciaram quando Dean ainda estava no ensino médio. Ele ainda tinha dois irmãos mais novos, Archie e Ralph, e um meio irmão mais novo, Stan. Dean estudou na Universidade de Kentucky, em Lexington, onde começou sua atuação no teatro. Ele se formou em jornalismo e rádio e TV. Seu professor de teatro o convenceu a deixar a universidade para se tornar ator. Assim, ele ingressou na Pasadena Playhouse, em Pasadena, Califórnia. Ele também foi um veterano da Segunda Guerra Mundial, tendo servido como cozinheiro embarcado durante a Batalha de Okinawa.

 

Harry Dean Stanton morreu em 15 de setembro de 2017 aos 91 anos, pacificamente no hospital Cedars Sinai em Los Angeles.

“Ele é um desses atores que sabe que seu rosto é a história”, disse o amigo Sam Shepard, dramaturgo e ator, no documentário de 2012 “Harry Dean Stanton: Part Fiction”. Shepard faleceu em julho deste ano aos 73 anos.

(Fonte: https://www.terra.com.br/diversao – DIVERSÃO – ENTRETENIMENTO/ Por Bill Trott – 15 SET 2017)

(Fonte: http://istoe.com.br – EDIÇÃO Nº 2492 15.09 – CULTURA – Ansa – 16.09.17)

(Fonte: http://gente.ig.com.br/cultura/2017-09-16 – GENTE – CULTURA/ Por iG São Paulo 

(Fonte: http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema – CINEMA – CULTURA/ Por Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo – 15 Setembro 2017)

Powered by Rock Convert
Share.