Glauco Rodrigues, artista plástico gaúcho frequentou a renomada Escola Nacional de Belas Artes.

0

Glauco Rodrigues (Bagé (RS), 5 de março de 1929 – Botafogo, Rio de Janeiro, 19 de março de 2004), artista plástico gaúcho.

Glauco Otávio Castilhos Rodrigues nasceu na cidade de Bagé em 1929 e aos 16 anos começou a pintar, como autodidata. No final da década de 40, Glauco frequentou a renomada Escola Nacional de Belas Artes, mas apenas por três meses.

De volta ao Rio Grande do Sul, Glauco fixou-se em Porto Alegre onde desenvolveu sua técnica como gravurista. Sua primeira exposição individual acontece em meados da década de 60 na Petite Galerie.

As portas se abriram e Rodrigues mudou-se para Roma. Nesse período realiza exposições individuais e coletivas na Itália e Alemanha. Já renomado no Brasil, retorna na exposição Opinião 66, um marco no movimento Nova Figuração.

Lançados em 1989 e 1994, Glauco foi tema de dois livros que abordam sua obra. As duas publicações foram escritas pelo conterrâneo Luis Fernando Veríssimo. Em 2004, Glauco seria homenageado com uma mostra reunindo retratos de personalidades este ano.

Suas pinturas, desenhos e aquarelas conquistaram admiradores também no exterior. Nos últimos anos, Glauco Rodrigues criou painéis em mosaico para a fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, e para o novo aeroporto de Salvador.

Glauco Rodrigues faleceu em 19 de março de 2004, no Hospital Samaritano, em Botafogo (zona sul). Ele tinha câncer e a causa da morte, foi insuficiência respiratória. Tinha 75 anos.

(Fonte: http://www.estadao.com.br/arquivo/arteelazer/2004/not20040320p7183 – CADERNO 2 – VARIEDADES – 20 de Março de 2004)
(Fonte: Zero Hora – ANO 50 – N° 17.631 – GRAVADO NA HISTÓRIA/ CULTURA Por Francisco Dalcol – 18 de janeiro de 2014 – Pág: 4/5)
(Fonte: http://diversao.terra.com.br/noticias/0,,OI281705-EI1540,00- 19 de março de 2004)
(Fonte: http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL553792-10406,00- edição do dia 19/03/2004)

Share.