George Clayton Johnson, lendário escritor de ficção científica

0
Powered by Rock Convert

George Clayton Johnson (Cheyenne, Wyoming, 10 de julho de 1929 – North Hills, Los Angeles, Califórnia, 25 de dezembro de 2015), lendário escritor de ficção científica

 

Roteirista de Além da Imaginação e co-autor do livro Logan’s Run, o qual foi adaptado para o cinema e para a TV,

 

George Clayton Johnson em 1980 (Foto: Ron Galella, Ltd./WireImage)

 

 

Johnson nasceu no dia 10 de julho de 1929, em Cheyenne, Wyoming. Quando ainda era adolescente, seus pais se divorciaram, o que o forçou a morar algum tempo com parentes. Aos 15 anos, largou a escola e pediu permissão à mãe para fugir de casa. Ele se alistou no exército, onde atuou como operador de telégrafo e projetista, entre 1946 e 1949. Mais tarde, estudou arquitetura e se mudou para Los Angeles.

 

Lá, ele começou a escrever contos de ficção científica, o que o levou à TV em 1959. Ao longo de sua carreira, Johnson escreveu roteiros para episódios de séries como Alfred Hitchcock Apresenta, Rota 66, Mr. Novak, Honey WestJornada nas Estrelas e Kung Fu.

 

Em 1960, Rod Serling, criador e produtor de Além da Imaginação, leu um dos contos de Johnson e decidiu adaptá-lo para sua série. Com o título de The Four of Us Are Dying, o episódio teve roteiro assinado por Serling, que no mesmo ano adaptou outro conto de Johnson, para o episódio Execution. No ano seguinte, o próprio Johnson foi chamado para escrever roteiros originais. Ao todo, ele escreveu quatro episódios: A Penny For Your Thoughts (com Dick York), A Game of Pool (com Jack Klugman), Nothing in the Dark (com Robert Redford) e Kick the Can. Um outro episódio foi produzido em 1963 com base em outro conto seu, Ninety Years Without Slumbering (com Ed Wynn).

 

O episódio Kick the Can foi mais tarde selecionado para fazer parte da versão cinematográfica da série, lançada nos cinemas em 1983.

oexploradorPowered by Rock Convert

 

Em 1967, ele e William F. Nolan publicaram o livro Logan’s Run, o qual foi transformado em filme em 1974, com Michael York e Farrah Fawcett (As Panteras). O sucesso do filme levou a rede CBS a produzir a série Fuga das Estrelas/Logan’s Run, entre 1977 e 1978. Com apenas quatorze episódios, a série não conseguiu conquistar a mesma receptividade que o filme ou o livro.

 

George em 2009. (Foto: Amy Graves/WireImage)

 

 

Outro sucesso cinematográfico de Johnson é o filme Onze homens e um Segredo/Ocean’s 11, produzido em 1960. Escrito em parceria com Jack Golden Russell, o filme foi estrelado por Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford e Joey Bishop. Uma nova versão chegou aos cinemas em 2001, com George Clooney e Brad Pitt. Seu sucesso fez surgir uma sequência em 2004, com Doze Homens e Outro Segredo.

 

Na vida pessoal, Johnson era vegetariano e foi durante muitos anos defensor da legalização da maconha. Ele também foi um dos muitos profissionais que deram a um grupo de fãs quadrinhos e de ficção científica sugestões sobre como organizar uma convenção. Este grupo viria a criar a San Diego Comic Book Convention, atualmente conhecida como Comic-Con International.

 

Desde 1952, Johnson estava casado com Lola Brownstein, com quem teve dois filhos, Paul e Judy Olive.

Quando morreu, Johnson estava desenvolvendo uma sequência do livro Logan’s Run, a qual receberia o título de Jessica’s Run.

George Clayton Johnson faleceu no dia 25 de dezembro, aos 86 anos de idade, vítima de câncer na vesícula, que se espalhou para a próstata. O roteirista também sofria de uma doença pulmonar crônica.

(Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/temporadas – TEMPORADAS – NOVA TEMPORADA/ Por Fernanda Furquim – BRASIL – 1° dez 2016)

Powered by Rock Convert
Share.