Frank Shipway, foi treinado por um dos maiores nomes da regência britânica, sir John Barbirolli

0
Powered by Rock Convert

 

 

Maestro atuou como convidado da Osesp em concertos no Brasil

Frank Shipway (Wiltshire, sul da Inglaterra, 1936 – Southampton, 6 de agosto de 2014)maestro e renomado regente britânico, conhecido dos brasileiros por concertos em que regeu a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

Shipway foi treinado por um dos maiores nomes da regência britânica, sir John Barbirolli (1899-1970), e foi encorajado em início de carreira por figurões como Herbert von Karajan (1908-1989) e Lorin Maazel (1930-2014), tendo atuado como maestro assistente deste último na Ópera de Berlim (Deutsche Oper Berlin), em 1973. Em 1993, Shipway formou a Orchestra Sinfonica Nazionale della RAI, na Itália, com a qual viajou pelo mundo. Foi seu regente titular por quatro anos.

O maestro também trabalhou com a Ópera do Festival de Glyndebourne e a National English Opera, desenvolvendo um amplo repertório operístico, que ia de Mozart a Richard Strauss. Na música instrumental, ele ia do barroco ao período moderno, à frente de conjuntos renomados como a Cleveland Orchestra, a Philharmonia Orchestra e as filarmônicas de Moscou e Helsinki. Deixou gravações elogiadas da quinta sinfonia de Mahler e da décima de Shostakovich.

Frank Shipway, atuou principalmente como convidado à frente de orquestras importantes, como a de Cleveland, ou a Royal Philarmonic Orchestra.  Um dos principais regentes convidados da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

Desenvolveu relação profissional também com as companhias da Deutsche Oper de Berlim e da English National Opera. Querido pelos músicos da Osesp, foi cotado para assumir o posto de diretor artístico na época da demissão do maestro John Neschling. Ficou como convidado e a gravação que fez com o grupo da Sinfonia Alpina de Richard Strauss recebeu elogios da crítica internacional. Em suas passagens pelo país, regeu também a Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo.

 

QUATRO DÉCADAS DE MÚSICA ERUDITA

 

1973

Trabalha como assistente de Lorin Maazel (1930-2014) na Ópera de Berlim

Anos 1980

É convidado especial de orquestras em Copenhague e Flandres

Anos 1990

oexploradorPowered by Rock Convert

Participa da criação da nova sinfonia da RAI italiana; trabalha em Bruxelas e Zagreb, na Croácia

1999

Lança gravação da “Sinfonia nº 5” de Mahler com a Royal Philharmonic Orchestra

2013

Faz gravação de obras de Richard Strauss com a Osesp, eleita uma das melhores do ano pela BBC Music Magazine

Frank Shipway de 79 anos, morreu em consequência de um acidente de carro ocorrido dia 5 de agosto de 2014, em sua cidade natal Wiltshire, a cerca de 150 km de Londres, no sul da Inglaterra. Seu carro, um Jaguar modelo XJ8, bateu de frente com outro veículo na estrada por volta das 17h (horário local). O maestro foi levado ao Hospital Geral de Southampton, onde morreu, dia 6 de agosto de 2014.

 

(Fonte: http://cultura.estadao.com.br/noticias/musica-1540276 – CULTURA – MÚSICA/ Por João Luiz Sampaio – O Estado de S. Paulo – 7 de agosto de 2014)

(Fonte: http://oglobo.globo.com/cultura-13522474 – CULTURA – MÚSICA – POR O GLOBO – 07/08/2014)

(Fonte: http://www.dgabc.com.br/Noticia/784613 – DIÁRIO DO GRANDE ABC – Cultura & Lazer – 7 de agosto de 2014)

(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2014/08/1497026- ILUSTRADA/ Por Sidney Molina – CRÍTICO da FOLHA – 07/08/2014)

 

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
Share.