“Foi um movimento necessário, para que o Brasil não se tornasse uma ditadura.” ERNESTO ARAÚJO, ministro das Relações Exteriores, defendendo a ditadura militar – a mesma que ele, no governo de Dilma Rousseff, costumava criticar

0
Powered by Rock Convert

“Comemorar a instalação de uma ditadura que fechou instituições democráticas e censurou a imprensa é querer dirigir olhando para o retrovisor, mirando uma estrada tenebrosa.” 

FELIPE SANTA CRUZ, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, criticando a orientação de Bolsonaro para o 31 de Março ser comemorado “da forma devida” nos quartéis

 

 

“Foi um movimento necessário, para que o Brasil não se tornasse uma ditadura.” 

ERNESTO ARAÚJO, ministro das Relações Exteriores, defendendo a ditadura militar – a mesma que ele, no governo de Dilma Rousseff, costumava criticar

 

 

“Não é possível que o presidente não perceba que não dá para governar com a cabeça em 64.” 

JANAINA PASCHOAL, deputada estadual (PSL-SP), a mais votada da história, tentando chamar o ocupante do Planalto à razão

(Fonte: Veja, 3 de abril de 2019 – ANO 52 – Nº 14 – Edição 2628 – Veja Essa – Editado por LIZIA BYDLOWSKI – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 32/33)

Share.