Foi o primeiro retrato realista de uma dança indígena brasileira

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

 

 

As primeiras imagens que os europeus pintaram do Brasil e da América

Alberto Eckhout (1610-1664), pintor e desenhista, foi um dos artistas mais importantes de Maurício de Nassau, pintou os tipos indígenas como os índios tupis e tapuias, a célebre Dança dos Tarairiu-Tapuia – o primeiro retrato realista de uma dança indígena brasileira.

Eckhout juntamente com o outro artista Frans Post (1612-1680), com suas paisagens dos engenhos pernambucanos, documentaram o Brasil durante a invasão holandesa e suas pinturas servem de amostra do século XVIII brasileiro, onde apresentam a América de língua espanhola.

 

(Fonte: Veja, 4 de agosto de 1982 – Edição 726 – ARTE / Por CASIMIRO XAVIER DE MENDONÇA – VISÃO DO NOVO MUNDO – Pág: 159/160)

Powered by Rock Convert

 

 

 

Fomos o primeiro país das Américas a receber artistas competentes formados na Europa.

Brasil holandês, a chegada do conde Maurício de Nassau e nas obras produzidas sobre o país – a mando dele – por Frans Post e Albert Eckhout. 

Durante o século XVII, não houve produção de arte estrangeira. Após o trauma da invasão dos holandeses, Portugal decidiu fechar as fronteiras do país. Essa medida durou 150 anos. Por isso, a atenção volta-se à produção de um dos mitos da arte barroca nacional, Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.

 

(Fonte: http://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/12 – NINA FINCO – 12/12/2014)

Retrato do índio Muxuruna. Considerado uma das mais belas gravuras de índios do século XIX, a litografia colorida a mão faz parte do álbum Viagem ao Brasil de Spix e Martius, publicado em Munique em 1823 (Foto: Foto/ Edouard Fraipont)

Retrato do índio Muxuruna. Considerado uma das mais belas gravuras de índios do século XIX, a litografia colorida a mão faz parte do álbum Viagem ao Brasil de Spix e Martius, publicado em Munique em 1823 (Foto: Foto/ Edouard Fraipont)

 

 

Powered by Rock Convert
Share.