Foi o primeiro designer americano a ter projeção internacional

0
Powered by Rock Convert
Roy Halston Frowick

Halston em 2000 | (Foto: Neue Luxury/ DIREITOS RESERVADOS)

Roy Halston Frowick (Des Moines, Iowa, 23 de abril de 1932 – São Francisco, Califórnia, 26 de março de 1990), designer de moda, foi uma das figuras mais importantes da moda americana.
Um dos mais importantes estilistas americanos dos anos 70, Roy Frowick Halston entrou para o mundo da moda ao conseguir um emprego na marca de chapéus Lilly Daché, em Nova York.
No início dos anos 60, ele virou estilista de chapéus da sofisticada loja de departamentos Bergdorf Goodman e ganhou atenção ao desenhar o chapéu que Jacqueline Kennedy usou na posse do marido.
Ele abriu a própria marca em 1968 e virou hit instantâneo entre nomes como Liza Minnelli, Barbara Walters, Martha Graham, Andy Warhol e Elizabeth Taylor.
Conhecido por seus designs simples e elegantes, Halston fez tanto sucesso que lançou uma linha de perfumes, uma coleção de malas, produtos para cama e banho e ainda desenhou, em 1977, os uniformes da Branniff, substuindo os looks criados anos antes por Emilio Pucci.
Ele também introduziu no mercado o ultra suede (a camurça sintética que é sucesso hoje em dia na moda e na decoração), nos famosíssimos vestidos cinturados. Halston também inventou a era dos estilistas pop-stars. Sem ele, não haveria Calvin Klein – que aprendeu muito com o estilista em noitadas de festas no Studio 54. Quem não se lembra da imagem de Bianca Jagger entrando em cima de um cavalo branco no clube? A festa foi organizada por Halston.
Alec Baldwin vai fazer o papel do estilista no filme Simply Halston, que vai ter Jane Krakowski (de Ally McBeal) no papel de Liza Minnelli. A produção vai recuperar a glamourosa trajetória e a triste morte de Halston, em consequência da Aids, em 1990. A marca, que perdeu o status por conta do licenciamento exagerado de itens (ele chegou a produzir uma linha para o equivalente das Lojas Americanas), voltou a ser produzida no final dos anos 90 (com Randolph Duke no comando), mas só voltou a ganhar prestígio sob a direção do estilista atual, Craig Natiello, que voltou a se inspirar no mestre, resgatando até o vestido de ultra-suede na última estação. Halston vive!
Roy Halston Frowick

Designer, Halston (Foto: de Andy Warhol)

Estilista é tema de filme da HBO

O canal de TV por assinatura HBO contou a história de uma das figuras mais importantes da moda americana. A produtora Killer Films e a Storyline Entertainment desenvolveram para a emissora o projeto Simply Halston, sobre a vida do estilista Halston, que fez muito sucesso nos anos 70.

Ele era conhecido por seu trânsito entre a elite americana e por ser um dos habitués do clube Studio 54. Sua vida social intensa e alguns negócios muito ruins acabaram com a carreira do primeiro designer americano a ter projeção internacional.

O filme foi baseado na biografia homônima escrita por Steven Gaines. Roy Halston Frowick, que era de Des Moines, Iowa, morreu de aids em 1990, aos 57 anos. Sua fama começou quando desenhou o chapéu que Jacqueline Kennedy usou na cerimônia de posse do presidente John F Kennedy, em 1961.

Ele trabalhou na grife fashion da loja Bergdorf Goodman antes de criar sua linha própria em 1968. Em 1973, fez um péssimo negócio e vendeu seu nome para a empresa Norton Simon Inc. por US$ 16 milhões. Em 1980, Halston deixou de ter qualquer relação com a marca, que já tinha passado por vários grupos empresariais.

 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Share.