Florbela Espanca (1895-1930), poeta portuguesa, autora de Charneca em Flor.

0
Powered by Rock Convert

“Se um dia hei-de ser pó, cinza e nada/ que seja a minha noite uma alvorada,/ que me saiba perder… para me encontrar.”

Florbela Espanca (1895-1930), poeta portuguesa, autora de Charneca em Flor.

(Fonte: www.caras.com.br – Citações – Edição n° 935 – ANO 18 – N° 40 – 7/10/2011)

Share.