Denys Finch Hatton, aristocrático e aventureiro de origem nobre, herói da I Guerra Mundial e atleta consagrado na Universidade de Oxford

0
Powered by Rock Convert

 

 

 

Denys Finch Hatton e Karen Blixen

Denys Finch Hatton e Karen Blixen

 

 

Hatton: romance atribulado

Denys Finch Hatton (24 de abril de 1887 – 14 de maio de 1931), aristocrático e aventureiro inglês. De origem nobre, herói da I Guerra Mundial e atleta consagrado na Universidade de Oxford.

Finch Hatton foi o amante da baronesa Karen Blixen “também conhecido por seu pseudônimo como Isak Dinesen (1885-1962)”, escritora dinamarquesa nobre que escreveu sobre ele em seu livro autobiográfico  A Fazenda Africana (Out of Africa), publicado pela primeira vez em 1937. No livro, o nome dele é com hífen: “Finch-Hatton”.

Finch Hatton e Karen Blixen conheceram-se em 1918, após a nobre escritora passar sua desgraça sentimental com o seu barão Bror Blixen, com quem casou-se por interesse, precisava de dinheiro para seus investimentos africanos no cultivo de café. Hatton era diante de seus olhos o companheiro ideal.

Sua educação e a forma carinhosa com que a tratava diferia competamente do comportamento de Bror Blixen. O romance entre os dois, que começou de forma atribulada – o casal Blixen só se separaria muito depois -, durou treze anos. Durante esse período, Karen Blixen viveu seu conto de fadas particular, com Finch Hatton no papel de príncipe encantado.

Nem a amizade que, ironicamente, acabou unindo Bror Blixen e Finch Hatton abalou o relacionamento dos dois.

A Fazenda Africana (Out of Africa) foi o livro que o cineasta Sydney Pollack (1934-2008) usou para criar o seu Entre Dois Amores (Out of Africa), com Meryl Streep e Robert Redford, e que abocanhou sete Oscar em 1985.

oexploradorPowered by Rock Convert

Isak Dinesen, escreveu contos e poemas que tinham como personagens sua própria família e pessoas comuns de vilas dinamarquesas – como em A Festa de Babette, e conquistou o Oscar de melhor filme estrangeiro de 1988.

Finch Hatton morreu num desastre aéreo em 14 de maio de 1931.

 

 

(Fonte: Veja, 8 de fevereiro de 1989 – ANO 22 – Nº 6 – Edição 1066 – LIVROS/ Por Marcello Rollenberg – Pág: 76/77)

 

 

 

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
Share.