David Rubinger, fotojornalista israelense

0
Powered by Rock Convert
(1967) Fotografia de Rubinger mostra os paraquedistas Zion Karasanti (e), Yitzhak Yifat, (c) e Haim Oshri em Jerusalém - GPO/AFP/Arquivos

(1967) Fotografia de Rubinger mostra os paraquedistas Zion Karasanti (e), Yitzhak Yifat, (c) e Haim Oshri em Jerusalém – GPO/AFP/Arquivos

 

David Rubinger (Viena, Áustria, 24 de junho de 1924 – Jerusalém,  de março de 2017), fotojornalista israelense

Sua foto de três paraquedistas israelenses olhando o Muro das Lamentações após a tomada de Jerusalém leste por Israel durante a Guerra dos Seis Dias ficou registrada como uma das imagens emblemáticas do conflito.

Nascido em junho de 1924 em Viena, fugiu do nazismo e se instalou na Palestina em 1939, naquele momento sob o poder britânico. Durante a Segunda Guerra Mundial serviu a brigada judaica do exército britânico.

Em um livro publicado em 2007, Rubinger afirma que começou a trabalhar como fotojornalista após prestar serviço militar, e que mais tarde foi contratado pela revista Time Life.

Durante 50 anos cobriu as guerras e a política israelense, registrando em imagens a história social e cultural do Estado hebreu, criado em 1948.

oexploradorPowered by Rock Convert

Fotografou as sucessivas ondas migratórias de judeus provenientes da Europa, países árabes, Rússia e Etiópia.

David Rubinger recebeu o Prêmio Israel em 1997, em reconhecimento ao seu trabalho.

“Rubinger tirou mais de meio milhão de fotografias”, escreveu nesta quinta-feira o jornal Haaretz.

Fotos essas que, de acordo com o periódico, “documentam momentos cruciais da história de Israel e ajudam a definir sua consciência coletiva”.

David Rubinger morreuem 1º de março de 2017, em Jerusalém, aos 92 anos, anunciou a Associação de Imprensa Estrangeira (FPA) na quinta-feira (02).

(Fonte: http://istoe.com.br – EDIÇÃO Nº 2463 – COMPORTAMENTO – AFP – 02.03.17)

(Fonte: Zero Hora – ANO 53 – N° 18.719 – 8 de março de 2017 – TRIBUTO – Pág: 35)

Powered by Rock Convert
Share.