“Considero inadmissível uma pessoa, ocupando o cargo que ocupa, não ter a preocupação de, sem compromisso com a verdade, citar uma pessoa pública.” LUCINHA ARAÚJO, mãe do Cazuza, em carta ao ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que em entrevista a Veja afirmou que o cantor pregava que liberdade é passar a mão no guarda. A frase foi produzida no extinto programa Casseta & Planeta. O ministro pediu desculpa

0
Powered by Rock Convert

“Considero inadmissível uma pessoa, ocupando o cargo que ocupa, não ter a preocupação de, sem compromisso com a verdade, citar uma pessoa pública.” 

LUCINHA ARAÚJO, mãe do Cazuza, em carta ao ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que em entrevista a Veja afirmou que o cantor pregava que liberdade é passar a mão no guarda. A frase foi produzida no extinto programa Casseta & Planeta. O ministro pediu desculpa

 

 

“Liguei para Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, para desfazer o equívoco. (…) A conversa foi tocante.” 

RICARDO VÉLEZ RODRÍGUEZ, ministro da Educação, em mensagem no Twitter

(Fonte: Veja, 13 de fevereiro de 2019 – ANO 52 – N° 7 – Edição 2621 – Veja Essa / Editado por LIZIA BYDLOWSKI – “As pérolas são compiladas e coletadas da imprensa e da TV e recolhidas pelos jornalistas de VEJA” – Pág: 32/33)

Share.