Clodovil Hernandes (1937-2009), estilista, apresentador de TV e deputado federal.

0
Powered by Rock Convert

Clodovil Hernandes (1937-2009), estilista, apresentador de TV e deputado federal. Nasceu na cidade de Elisiário no dia 17 de junho, São Paulo e morreu no dia 17 de março, aos 71 anos, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Terceiro parlamentar mais votado nas eleições de 2006, com 493.951 votos, consagrou-se pela polêmica.
Nascido no interior paulista, vestiu celebridades como Elis Regina e Cacilda Becker. Eleito pelo Partido Trabalhista Cristão, deixou a legenda para integrar o Partido da República. Acusado de infidelidade, foi absolvido pelo TSE. Na Câmara Federal, apresentou 17 projetos.

TRAJETÓRIA
Tornou-se estilista reconhecido no país ao ganhar, em 1960, o prêmio Agulha de Ouro.

Ficou famoso em 1976, ao ganhar o prêmio máximo no programa “8 ou 800?”, apresentado por Paulo Gracindo.

No início dos anos 80, apresentou na Rede Globo o programa feminino “TV Mulher”.

Em 1992, apresentou o programa “Clodovil abre o jogo”, da extinta Rede Manchete.

Atuou também na emissora Rede TV!, da qual foi demitido em 2005.

oexploradorPowered by Rock Convert

Em 2006, foi eleito deputado federal pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), com o terceiro maior número de votos em São Paulo, estado por onde se candidatou.

Em maio de 2001, Clodovil estreou no comando do programa “Mulheres” (TV Gazeta), ao lado de Christina Rocha.

Em setembro de 2007, deceidiu trocar de partido e filiou-se ao Partido da República (PR), correndo risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

Em 12 de março de 2009, foi absolvido por unanimidade dos votos em julgamento do TSE

Dia 16 de março foi internado após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral). Um dia depois teve morte cerebral.

(Fonte: Correio do Povo – Ano 114 – Nº 169 – Política – 18/03/09 – Pág; 3)

Powered by Rock Convert
Share.