Charles Nelson Reilly, estrelou as séries Nós e o Fantasma, ao lado de Edward Mulhare, Hope Lange e Reta Shaw

0
Powered by Rock Convert

Charles Nelson Reilly (South Bronx, Nova York, 13 de janeiro de 1931 – Beverly Hills, Califórnia, 25 de maio de 2007), ator, intérprete do personagem Claymore Gregg no seriado americano Nós e o Fantasma

 

 

O ator, intérprete do personagem Claymore Gregg na sitcom Nós e o Fantasma,  nasceu no dia 13 de janeiro de 1931, filho único de imigrantes, mãe sueca e pai irlandês. Aos 13 anos de idade, foi salvo de um incêndio em um circo que matou 168 pessoas.

O ator iniciou sua carreira no teatro, passando para o cinema e a televisão ainda na década de 50. Na TV, teve participações nas séries, Carro 54, O Show de Patty Duke, Nanny (and the Professor), Lucy Show, O Casal McMillan, O Jogo Perigoso do Amor e muitas outras. Talvez as suas participações mais lembradas sejam as das séries Arquivo X e Millennium, nas quais interpretou José Chung.

Powered by Rock Convert

Estrelou as séries Nós e o Fantasma entre 1968 e 1970, ao lado de Edward Mulhare (1923-1997), Hope Lange (1933-2003) e Reta Shaw (1912-1982). Em 1971, interpretou o mágico do mundo dos chapéus na série infantil Lidsville.

Ator da Broadway, do cinema e da Televisão, vencedor do prêmio Tony e do prêmio Emmy, Reilly também era professor, diretor, produtor e escritor. Tendo sido dispensado no final dos anos 60 por ser assumidamente gay em uma época em que poucos atores tinham a coragem de fazê-lo, Reilly contava que ouviu de um executivo de uma emissora que “eles não aceitam bichas na TV”.

A despeito dessa afirmação, o ator voltou à televisão, tornando-se um grande sucesso por suas participações em game shows como o Match Game e Hollywood Squares, além de ter feito mais de 90 apresentações no Tonight Show, apresentado por Johnny Carson, todos da década de 70.

Durante cinco anos, até 2004, apresentou-se com o monólogo The Life of Reilly, uma peça autobiográfica na qual relata curiosidades sobre sua vida e carreira. O sucesso do espetáculo garantiu a produção de uma versão em filme em 2006.

Charles Nelson Reilly morreu no dia 25 de maio de 2007, de complicações causadas por uma pneumonia, aos 76 anos de idade. 

(Fonte: http://revistatvseries.blogspot.com/2007/05 – REVISTA TV SÉRIES – 28 de mai de 2007)

(Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/temporadas – NOVA TEMPORADA/ Por: André Fuentes 28/05/2007)

Powered by Rock Convert
Share.