Bruce DeHaven, ex-treinador é mais lembrado pelo seu trabalho no Buffalo Bills, quando o time perdeu quatro Super Bowls consecutivos entre 1990 e 1993

0
Powered by Rock Convert

Lendário técnico de times especiais

 

Bruce Leroy DeHaven (Trousdale, Kansas, 6 de setembro de 1948 – Orchard Park, Nova York, 27 de dezembro de 2016), técnico de times especiais que trabalhou na NFL por um bom tempo

 

O ex-treinador é mais lembrado pelo seu trabalho no Buffalo Bills, quando o time perdeu quatro Super Bowls consecutivos entre 1990 e 1993.

 

Bruce DeHaven treinou times especiais na National Football League por 30 anos, tendo acumulado passagens por Bills, San Francisco 49ers, Dallas Cowboys, Seattle Seahawks e Panthers.

 

 

Seus special teams costumeiramente ficaram entre os melhores, sobretudo na época de Bills, quando o time faturou seis títulos da AFC East e disputou 21 jogos de playoffs na final da década de 1980 e início da década de 1990.

 

O ex-técnico de time de especialistas é bastante lembrado pelo onside kick que ajudou os Bills a superarem uma desvantagem de 32 pontos no jogo contra o Houston Oilers, nos playoffs de 1993, e vencerem pelo placar de 41 a 38. Até hoje é a maior virada da história da NFL.

Powered by Rock Convert

 

Bruce DeHaven morreu em 27 de dezembro de 2016, aos 68 anos. O falecimento foi devido a um câncer de próstata.

 

DeHaven deixou o cargo de coordenador do time de especialistas do Carolina Panthers durante o training camp, em agosto passado, para retornar a Buffalo e fazer o tratamento de quimioterapia.

 

O técnico também se afastou do trabalho após a temporada 2014, quando ele foi inicialmente diagnosticado com o câncer. Na época, ele recebeu a notícia de que tinha de alguns meses a até cinco anos de vida. Mas o coordenador de special teams voltou às atividades durante um minicamp em junho de 2015 e continuou com os Panthers até o Super Bowl 50.

 

Ron Rivera, técnico do Carolina Panthers, e o kicker Graham Gano, também da franquia da Carolina do Norte, expressaram seus sentimentos via Twitter.

 

“Bruce DeHaven não foi apenas um dos principais técnicos de special teams da história da NFL, ele também foi uma pessoa especial. Sua ética de trabalho, seu amor e dedicação ao esporte, seus cuidados com aqueles jogadores de quem ele foi capaz de extrair o máximo dos talentos e que o reverenciaram são todos traços que o distinguem”, falou Marv Levy, ex-técnico do Buffalo Bills. “Além disso, ele era um marido incrível e um pai com uma natureza alegre e otimista. Que privilégio foi para mim e para todos os membros da nossa comissão técnica de termos sido colegas e amigos de Bruce DeHaven”, completou.

(Fonte: https://www.quintoquartobr.com/nfl – NFL / Por Bruno Bataglin – 28 de dezembro de 2016)

Powered by Rock Convert
Share.